segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Desnutrição Prejudica Crescimento de Crianças segundo Unicef

Desnutrição prejudica crescimento de 195 milhões de crianças, diz Unicef

.
Um relatório divulgado nesta quarta-feira pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) diz que existem cerca de 195 milhões de crianças com até cinco anos em países em desenvolvimento com problemas de crescimento por causa da desnutrição.
.
De acordo com o documento, há nesses países também 129 milhões de crianças abaixo do peso na mesma faixa etária.
.
A diferença nos números indica que algumas crianças podem estar recebendo alimentos de baixa qualidade que, embora as deixe com o peso aceitável, compromete seus crescimentos.
O Unicef calcula que um terço da mortalidade infantil em crianças até cinco anos em países em desenvolvimento tem relação com a desnutrição.
O novo relatório, que analisou 136 países em desenvolvimento, foi divulgado a poucos dias do início da Cúpula sobre Segurança Alimentar, que reunirá chefes de Estado em Roma, na Itália, entre os dias 16 e 18.
.
Brasil
.
Das regiões analisadas no documento, a América do Sul é uma das que mais fez progresso para cumprir a Meta de Desenvolvimento do Milênio de diminuir pela metade as taxas de crianças desnutridas entre 1990 e 2015.
.
Segundo o estudo da Unicef, quase todos os países sul-americanos estão no caminho de atingir a meta. A África é a região do mundo com os piores resultados.
Em termos absolutos, o Brasil é o país sul-americano com o maior número de crianças desnutridas, com 1,129 milhão de casos. Esse número, entretanto, representa apenas 7% de todas as crianças com até cinco anos do país.
.
O estudo concluiu que 63 dos 117 países que disponibilizaram dados sobre os esforços para cumprir a Meta do Milênio devem cumpri-la no prazo previsto.
Há três anos, a Unicef havia calculado que 46 países dentre os 94 que forneceram dados cumpririam a meta.
.
Desde 1990, a proporção de crianças desnutridas em países em desenvolvimento caiu em um sexto, segundo dados da Unicef e fornecidos por outros órgãos como a OMS (Organização Mundial da Saúde) e o Banco Mundial.
.
MSN.COM

4 comentários:

Glória disse...

Um dos resultados da queda do índice de desnutrição em nosso país é que os jovens estão mais altos, superando em algumas regiões os padrões internacionais...parabéns minha amiga, bandeira como essa tem que ser sempre erguida, beijão!

Mazé Silva disse...

Olá minha querida amiga do peito!

Que tristeza sabermos que temos um quadro caótico na evolução do desenvolvimento humano, devido a desnutrição.

É necessário providências urgentes e drásticas par que esse quadro de desnutrição venha a ter uma queda grande e para isso é preciso de verbas para atender essa camada da população, sensibilidade do governo que com a desnutrição tem baixo crescimento, diminui o desenvolvimento da inteligência e muitas chegam a morrer.

Queremos um SOS para esse problema.

Beijos Glória!

Mazé Silva

Ir. Eneide disse...

É Mazé!
Este assunto é muito badalado mas falta compromisso sério para resolver o problema. Além de não combater a desnutrição há um grande desrespeito para com as crianças que serão o futuro da nação. Como você falou precisa o SOS.
Abraço e continue sensível ao outro

Mazé Silva disse...

Olá minha mana Eneide!

Fico feliz com a sua visita aqui no blog e comentando esses assuntos de grande relevância, mas que muitos fazem descaso da seriedade do problema, como falaste.

Não adianta tantos shows beneficente e ninguém sabe como empregam esse dinheiro.

Medidas tão sonhadas virão um dia, para que acabe de uma vez por todas, o sofrimento dessas crianças.

Volte sempre, tá?

Beijos grande da mana que muito lhe estima.

Mazé Silva.