domingo, 13 de dezembro de 2009

Derretimento de gelo na Antártida e na Groenlândia está mais rápido


Norte da ilha Alexander, na Antártida (Foto: Robert Simmon/Nasa-EO-1)
Tudo que está ocorrendo na Antártida e na Groenlândia, é causado pelo Aquecimento Global
O aquecimento está acelerando o fluxo de muitos dos mais de 400 glaciares da Península Antártica em direção ao oceano.
Península Antártica tem mais de 400 rios de gelo.Aquecimento acelera o fluxo desses rios para o oceano
saiba mais
Um glaciar é um “rio de gelo” alimentado pelo acúmulo de neve. Ele escoa das montanhas para regiões mais baixas, onde o gelo pode derreter, se romper no oceano na forma de icebergs ou reforçar uma plataforma de gelo.
Plataforma é a extensão plana, flutuante, dos mantos de gelo, com espessura de 100 a 1.000 metros. Um manto de gelo é a capa de até 4 quilômetros que cobre a rocha. Flui do centro do continente em direção à costa, onde alimenta as plataformas.

A imagem acima, divulgada nesta quinta-feira (8) pela Nasa, a agência espacial americana, é mais um registro desses processos. Ela retrata a ponta norte da Ilha Alexander. Neste caso, o Glaciar Hampton está formando diversos icebergs grandes.

Quando a produção de icebergs é compensada pelo acúmulo de neve no glaciar, não há contribuição para a elevação do nível do mar: toda água que vai para o oceano via derretimento do iceberg acaba voltando ao glaciar como neve.

Mas se a produção de iceberg ocorre em ritmo mais acelerado que o acúmulo de neve, então o glaciar está contribuindo para o aumento do nível do mar.
Um glaciar é um “rio de gelo” alimentado pelo acúmulo de neve. Ele escoa das montanhas para regiões mais baixas, onde o gelo pode derreter, se romper no oceano na forma de icebergs ou reforçar uma plataforma de gelo.
Plataforma é a extensão plana, flutuante, dos mantos de gelo, com espessura de 100 a 1.000 metros. Um manto de gelo é a capa de até 4 quilômetros que cobre a rocha. Flui do centro do continente em direção à costa, onde alimenta as plataformas.

A imagem acima, divulgada nesta quinta-feira (8) pela Nasa, a agência espacial americana, é mais um registro desses processos. Ela retrata a ponta norte da Ilha Alexander. Neste caso, o Glaciar Hampton está formando diversos icebergs grandes.

Quando a produção de icebergs é compensada pelo acúmulo de neve no glaciar, não há contribuição para a elevação do nível do mar: toda água que vai para o oceano via derretimento do iceberg acaba voltando ao glaciar como neve.

Mas se a produção de iceberg ocorre em ritmo mais acelerado que o acúmulo de neve, então o glaciar está contribuindo para o aumento do nível do mar.
Derretimento de Gelo na Antártida e Groenlândia está mais rápido
Massa derretida equivale a 3 milhões de prédios como World Trade Center.Fenômeno elevou nível do mar em 0,46 milímetro por ano, em média.



Parte frontal do Glacial Helheim, na Groenlândia: perda de gelo seria 100% maior não fosse o efeito moderador de nevascas e de recongelamento de chuvas. (Foto: cortesia Steve Morgan)

A Groenlândia perdeu entre 2000 e 2008 nada menos que 1.500 gigatoneladas de gelo. É como se 3 milhões de edifícios de gelo do tamanho do World Trade Center tivessem sumido do mapa em menos de uma década.

Esse derretimento resultou em um aumento médio no nível do mar de 0,46 milímetro por ano. Entre 2006 e 2008, a elevação média do nível do mar saltou para 0,75 milímetro, com uma perda de gelo acumulada de 273 gigatons anuais (ou 546 mil "WTC’s de gelo").


Se não fosse o efeito compensador da precipitação de neve e de recongelamento, a perda de gelo na Groenlândia depois de 1996 teria dobrado.

O estudo, liderado por Michiel van den Broeke, do Instituto de Pesquisa Marinha e Atmosférica da Universidade Utrecht, na Holanda, está na edição mais recente da revista “Science”.




Estudo foi liderado por Michiel van den Broeke, do Instituto de Pesquisa Marinha e Atmosférica da Universidade Utrecht, Holanda (Foto: Cortesia da Universidade de Utrecht)

Os pesquisadores usaram dois métodos totalmente independentes de checagem. Um confirmou os números do outro, o que prova a consistência dos resultados.

O primeiro consiste na observação dos movimentos de gelo; o segundo, medições por meio de satélite.

Também participaram cientistas do Instituto Meteorológico Real dos Países Baixos e da Universidade de Tecnologia Delft (Holanda), Universidade de Bristol (Reino Unido), Universidade da Califórnia (câmpus de Irvine) e Jet Propulsion Laboratory da Nasa, em Pasadena, Califórnia.

Site G1 - São Paulo

12/11/09 - 16h00

Atualizado em 12/11/09 - 16h00

Verdadeiramente Inconveniente - Aquecimento Global


2 comentários:

Rosangela disse...

>>> Mazé querida! <<<

Desculpe-me mas não estou tendo muito tempo pra net, por isso estava devendo essa visitinha no seu blog.
Mas achei bem legal e interessante! Tem matérias variadas, assuntos atualizados e ainda um colaborador de peso, que é o nosso Armindo!
Parabéns! Pra você e pra ele!
Beijos!!!

Rosangela Amorim / BH

Mazé Silva disse...

Olá mimnha querida amiga!

Rosângela, eu gosto muito de você, pois admiro a sua simplicidade, sem descriminar ninguém e isso me faz feliz quando recebo um recadinho seu, fico muito contente.

Eu sei da sinceridade de tuas palavras e além de saber que você é uma pessoa que escreve muito bem.

O meu simples blog tão descohecido e esquecido, só você hoje que veio aqui, pois estou emocionada com sua presença que me alegra muito Rosângela.

Já sei está cuidando dos netos ou netas, não é?
Não esqueça de você minha amiga, deixe suas filhas que são jovens ainda cuidar dos filhinhos e aproveite a vida.

Eu tenho vontade de viajar muito ainda, coisa que nunca fiz e quero te conhecer um dia, pois eu sei dos seuis valores como ser humano e sempre estou admirando o que escreves em qualquer lugar.

Eu agora não estou mais frequantado os blogs, uma por problemas de saúde e outros por chateação de algumas coisas.

Amiga obrigada pela sua presença e espero mais vezes, pois é muito bom e muito iluminada a sua visita. Eu sinto isso no meu coração.

Nunca mais atualizou o seu blog? Na última atualização eu não fui lá estou em dívida com você, mas prometo que irei lá minha amiga querida!

Um beijo enorme do fundo do meu coração.

Beijinhos pra tuas filhas tuas netas e a família em geral.

Mazé Silva.