segunda-feira, 12 de julho de 2010

Eclipse Solar escurece a Ilha de Páscoa

Eclipse Solar



Dom, 11 Jul, 07h02


HANGA ROA, Chile (AFP) - A enigmática Ilha de Páscoa foi completamente obscurecida neste domingo por mais de quatro minutos, durante um eclipse solar, o sétimo no século XXI, que deixou anteriormente a Polinésia Francesa e as Ilhas Cook na penumbra.






Centenas de cientistas - conhecidos como caçadores de eclipses - além de turistas e moradores locais, posicionados nas praias desta ilha, localizada a 3.500 km do continente sul-americano, observaram atônitos o fenômeno entre gritos de alegria e aplausos, comentou à AFP o funcionário municipal Francisco Haoa.



"É como se estivesse no estádio à noite, com a luz artificial. Parecia que tinha entrado em um quarto escuro com uma luz de 10 watts", disse Haoa, administrador da Corporação Cultural do Município de Ilha de Páscoa.



"Primeiro começou com sombra, e o céu estava espetacular porque estava limpo e azul, com muito vento, que afastou as nuvens", disse Haoa.



"Todos aplaudiam. Inclusive foi visto um objeto luminoso próximo ao local e as pessoas começaram a dizer que, com certeza, tratava-se de um OVNI", acrescentou, emocionado, o funcionário.


"O eclipse manteve as pessoas em expectativa - olhavam para o céu com câmeras e binóculos especiais, com filtros especiais", acrescentou.



"Muitos estavam felizes porque na China (onde ocorreu o eclipse solar há dois anos) o mau tempo prejudicou a visibilidade e, aqui, puderam vê-lo por completo", concluiu.

No Taiti, local onde há muitos fãs de futebol, muitos deixaram de lado a televisão, onde viam a final da Copa do Mundo disputada entre Espanha e Holanda, para sair às ruas e observar o fenômeno.


Um comentário:

Bottary disse...

Minha Querida Amiga Mazé,

Lembro-me como se fosse hoje, eu menininho, olhando através de um vidro escuro, o eclipse solar, lá em minha terra natal.

É impressionante observar os movimentos dos astros!

O Universo é perfeito em sua harmonia e Lei. A Lei Natural das coisas.

Abraços!