quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Sobe para 108 número de mortos por tsunami na Indonésia


O que é um tsunami e qual a sua origem?
Grande onda ou sucessão de ondas marinhas que se desloca através do oceano até por milhares de quilômetros em alta velocidade (pode viajar a mais de 700km/h), com grande comprimento de onda (pode ter mais de 100km) de pequena amplitude (metro a poucos metros) e que torna-se catastrófica ao atingir as profundidades menores das linhas de costa onde eleva-se a grande altura (30 a 40 metros), invadindo violentamente as praias.

Um tsunami pode ter várias origens: tremores sísmicos ou terremoto no assoalho oceânico (maremoto), por diastrofismo e/ou vulcanismo principalmente; deslizamentos com grandes avalanches submarinas em áreas de talude, geralmente provocadas por abalos sísmicos; impacto meteorítico.

Devido a pequena amplitude, as ondas de tsunamis são mal percebidas por quem navega em águas profundas de oceano aberto.

Momentos antes de elevar-se e atingir catastroficamente a costa, a tsunami, devido ao grande comprimento de onda, provoca um rebaixamento do nível do mar que recua significativamente o que pode servir de aviso silencioso para a população procurar rapidamente fugir para área elevadas.

As ondas de marés e as ondas provocadas por tufões, mesmo podendo ser catastróficas, não são elencadas como tsunamis.

Tsunami atingiu a costa oeste da Indonésia

Subiu para 108 o número de mortos por conta do tsunami que atingiu várias ilhas no oeste da Indonésia. Ao menos 500 pessoas estão desaparecidas.

A catástrofe ocorreu após um terremoto de magnitude 7,5, na noite de segunda-feira. O epicentro do tremor foi situado a 78 quilômetros a oeste de Pagai do Sul, nas ilhas Mentawai, que ficam próximas à ilha de Sumatra.

No vilarejo litorâneo de Betu Monga, a maioria das casas foi destruída, segundo um funcionário regional do Departamento de Pesca. "Das 200 pessoas que vivem no vilarejo, só 40 foram encontradas; 160 ainda estão desaparecidas, a maioria mulheres e crianças", disse à Reuters por telefone o funcionário Hardimansyah (que, como muitos indonésios, usa um só nome).

Tsunami

Ainda de acordo com a Agência Nacional de Gestão de Catástrofes, 10 vilarejos situados em ilhas isoladas ao oeste de Sumatra foram varridos do mapa pelo tsunami. A informação foi anunciada pelo porta-voz da agência, Agolo Suparto.

As autoridades emitiram um alerta de tsunami após o tremor, depois que um grupo de turistas australianos informou que seu barco foi destruído por uma "parede de água" que atingiu a costa.

"Um tsunami significativo foi gerado pelo terremoto", afirma uma nota do Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico. De acordo com fontes do ministério indonésio da Saúde, na ilha de Pagai Sul foram registradas ondas de até três metros. As informações são das agências AFP e Reuters.
Clique no link e veja como acontece um tsunami


Redator: Fábio Mendes


Terremoto atinge costa da Indonésia e gera alerta local de tsunami

Tremor teve magnitude preliminar de 7,5, segundo agência dos EUA.
Ainda não há relato sobre vítimas ou danos.

Um forte terremoto de magnitude preliminar 7,5 atingiu a região das ilhas Mentawi, na Indonésia, no Oceano Índico, nesta segunda-feira (25), segundo o Serviço Geológico dos EUA, que monitora tremores pelo mundo.

O tremor ocorreu às 21h42 locais (12h42 de Brasília) a uma profundidade de 33 km (considerada baixa), e a cidade mais próxima é Padang, na Ilha de Sumatra, a 250 km.

Ainda não havia relatos sobre vítimas ou danos.

O Centro de Alerta de Tsumani do Pacífico, também dos EUA, emitiu um alerta local para ondas gigantes potencialmente ameaçadoras.

As autoridades indonésias, que avaliaram o tremor como de magnitude 7,2, também emitiram alerta.

Em dezembro de 2004, um tsunami causado por um tremor de magnitude superior a 9 na costa de Sumatra matou mais de 226 mil pessoas.

O terremoto de 7 graus que atingiu o Haiti em 12 de janeiro é o terceiro mais mortífero desde 1900, contabilizando mais de 230 mil mortos.

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, a China sentiu em 1976 o terremoto mais mortífero desde 1900.

O número oficial de mortos causado pelo tremor de magnitude 7,5 chegou a 255 mil, mas estima-se que cerca de 655 mil pessoas possam ter morrido em consequência do tremor. Quase 800 mil pessoas ficaram feridas.




Após o terremoto ocorrido na Indonésia na seginda-feira dia 25, as autoridades alertou a população na possibilidade de ocorrer um tsunami.

E infelizmente no dia 26 terça-feira ocorreu mesmo o tsunami em consequência do terremoto ocorrido.

Vocês verão a matéria sobe a ocorrência do tsunami no post seguinte.


A Terra em Transe


Entenda como ocorrem os terremotos


As Placas Tectônicas


Falhas Geológicas


Tipos de Falhas

Falha Normal

Falha de Empurrurão
Confronto
Você vai ler e entender, como ocorrem os terremotos, clicando em cada foto para ampliar e ler a explanação de cada item.



quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Os santos que mandam na chuva


Alice Inês Silva Merheb

Pesquisa em Ponte Nova


Três são os santos invocados para acalmar as tormentas: Santa Clara, Santa Bárbara e São Jerônimo, crenças herdadas dos portugueses.

Nada na história da vida de São Jerônimo parece ligá-lo à meteorologia. O motivo de sua invocação parece obscuro. Mas a tradição nos veio de Portugal e serviu para sincretizá-lo aos candomblés nagôs a Xangô, o mais poderoso dos orixás, senhor dos raios e dos trovões. Aparece sempre ligado a Santa Bárbara nas fórmulas propiciatórias.

Duas versões de seu martírio permitem ao povo conferir a Santa Bárbara poderes sobre os temporais. A primeira diz que a virgem foi degolada pelo próprio pai, o rei Dioscuro, pela obstinação em permanecer cristã. Tão logo o seu sacrifício, revoltava-se o céu e um raio fulmina de imediato aquele que a matara. Outra lenda fala-nos que Santa Bárbara teria sido obrigada pelo procônsul romano a mostrar-se despida em praça pública. Atendendo às suas preces, o céu corbriu-se de nuvens e o forte nevoeiro permitiu que sua nudez ficasse oculta aos olhos do povo. Câmara Cascudo ressalta entre os dados analógicos (raio, nevoeiro) o nome de seu pai, de expressiva sonoridade: Dio-Scuro. É sincretizada a Iansã, a temível iabá dos ventos e tempestades, esposa de Xangô.

Esta invocação tem poder sobre os relâmpagos:

"São Jerônimo, Santa Bárbara virgem!"

Uma variante nos foi ensinada assim:

"Eles têm muitos significados de vento, mas eu não sei. Agora do relampo eu sei as palavras: 'São Jerônimo, Santa Bárbara vigi!"

E completou: "'Eles que vigiam nós'.

Interessante é que, de pronto, pareceu-nos a mesma fórmula invocatória, até ser acrescentada a explicação adicional. Não se trata do substantivo "virgem", como aparece na primeira invocação. Aqui é o verbo vigia onde houver o deslocamento da sílaba tônica para a anterior (sístole). Observe-se também a forma "relampo", português arcaico e espanhol antigo, informa mestre Antenor Nascentes". (Câmara Cascudo)

E por causa do nome:

"Queimar capim santa bárbara faz parar de chover"

* * *

Santa Clara, na tradição portuguesa, tem poder de trazer bom tempo, por analogia de seu nome com o verbo clarear.

Santa Clara clareou
São Domingos iluminou

Pede-se a ela o fim das tormentas, fazendo-se oferendas. Esta oferenda pode ser um ovo, que se coloca no muro. Em Portugal, dissipam-se os nevoeiros expondo-se ao tempo objetos brancos. Poderíamos também observar a analogia Santa Clara - clara de ovo.

Outros substituem o ovo no muro por sabão que ofertam dizendo:

"Toma, Santa Clara, pra você lavar sua roupa."

Ou joga-se o sabão no telhado rezando:

Santa Clara traz o sol
Pra enxugar nosso lençol

A explicação para essa simpatia talvez esteja na lenda relatada por Hildegardes Viana (Festas se santos e santos festejados. Livraria Progresso) que é o corrente na Bahia:

"Nos meus velhos tempos de menina, ouvia contar que Santana era velhinha decrépita, tão decrépita que molhava os lençõis como qualquer neném. A santa fica enregelada, sem poder se levantar, tiritante, tentando se embiocar nas roupas úmidas. Ficava a pobrezinha mortinha de frio, esperando que Santa Clara chegasse em agosto e o tempo melhorasse. Quando a santa chegava, lhe dava um caldinho quente. Santana ganhava forças nas pernas e dependurava os lençóis ao vento. Então havia mais quentura. E quantos friorentos sofressem de decrepitude ou reumatismo rezavam para maior glória da caluniada mãe de Maria, para que tivesse força de se levantar e enxugar as panaradas molhadas, para que pondo a roupa a secar acabasse com aquele tormento."

Talvez seja por isso que Santa Clara ganhe tanto sabão: quem enxuga roupa deve forçosamente lavá-la também.

Não ouvimos aqui o povo explicar o frio úmido de julho pela velhice da Senhora Santana. Esquecida ou escoteira, da lenda persistiu apenas:

Santa Clara traz o sol
Pra enxugar nosso lençol

Fonte:
Jangada Brasil

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Sexo p'ró menino e p'rá menina!



Exposição revela o que os iniciantes querem saber

Por Ana Nunes (texto) e Susana Lage (fotos)

A maioria dos pais não está preparada para responder a perguntas que os filhos mais cedo ou mais tarde irão colocar.



Aguardando a inauguração da exposição



Desde o típico de onde vêm os bebés passando para uma versão mais adolescente em que outras dúvidas surgem culminando na fase do namoro e do sexo, os pais vão arranjando as melhores técnicas para explicar algo que lhes custa ao perceberem que também os filhos se preparam para ser adultos.

Neste contexto e com uma abordagem leve mas esclarecedora, a exposição "Sexo e então?" inaugurada ontem no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, promete dar respostas e ensinamentos para a vida.



Rosália Vargas dá as boas-vindas




Ao entrar na exposição o som de fundo é o tema "Paixão" dos Heróis do Mar nada mais adequado para os visitantes alvo, pré-adolescentes, entre os 9 e os 14 anos, que depois de passar por uma entrada em forma de coração encontrarão um ambiente divertido e de humor, colorido e com muita informação útil que apelará à reflexão.

Os sentimentos, desejos, afectos mas sobretudo a descoberta da sexualidade serão explorados numa versão didáctica.



Duas crianças cortam a fita: está inugurada a mostra



O acompanhamento de monitores, a existência de jogos interactivos, vídeos e questões bem respondidas serão o apelo para jovens que poderão descobrir o que é "estar apaixonado", "como beijar na boca", "porque o amor é difícil" ou mesmo "como é o rapaz/rapariga dos seus sonhos" ou "truques infalíveis para o engate".

Na zona dedicada à puberdade os jovens poderão ainda perceber as mudanças corporais e de voz que estão ou irão sofrer e saber "como se faz sexo", "como se fazem os bebés" e "o que é a pílula" entre outros temas que juntam uma imensidão de factos científicos a nível cerebral, hormonal e sentimental. Os heróis desta banda desenhada são o Titeuf e a Nadia, jovens que se confrontam com o tema do sexo no livro Le guide du zizi sexuel.

Esta exposição ficará no pavilhão do conhecimento até Agosto de 2011 e surge de uma parceria com o organismo francês UniverScience. Foi já apresentada na Cité des Sciences, em Paris, onde esteve de Outubro de 2007 a Agosto de 2009 e recebeu mais de 350 mil visitantes. Um sucesso "quer pelo tema quer pelo tom engraçado, pela precisão das respostas e pelo tratamento museológico", afirmou o embaixador francês, Pascal Teixeira da Silva, presente na cerimónia de inauguração da exposição.



Uma criança joga aos abraços e aos beijos



Também apresentada em Genebra, durante 13 meses a iniciativa teve impacto, esperando-se que também em Portugal este se repita. Rosália Vargas, a presidente do pavilhão do conhecimento afirmou que é aguardado para "Sexo e então?" um "número recorde de visitas".

Mariano Gago, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, referiu que a "colaboração entre Portugal e França na ciência vem já de longa data sendo muito importante tornar-se visível para a população através desta exposição". O membro do governo realçou ainda que " a linha traçada com a criação do Ciência Viva é para continuar" garantindo que "a ciência será uma prioridade para este governo pois sem ciência não há futuro nem progresso".

Ao CH, Quintino Aires, psicólogo clínico especializado em sexologia, disse tratar-se de "um contributo extremamente importante para formar crianças, adolescentes e púberes que são convidados a confrontar-se com temas que fazem parte do seu desenvolvimento, do seu crescimento e descoberta da vida e do mundo".

Deste modo, o especialista considerou que esta aprendizagem "ensina o jovem a relacionar-se consigo próprio e com os outros o que é fundamental para a capacidade quando adulto de criar uma relação de casal e família que é fulcral na construção da sociedade".

Quintino Aires afirma porém que " vivemos ainda num tempo em que há alguma interdição neste campo, estando uma parte de nós impedida de acesso", razão pela qual "Sexo e depois?" é "uma enorme mudança na sociedade portuguesa". A inauguração feita com o corte da típica fita foi feita por duas crianças o que para sexólogo foi "fazer-se história sendo um passo fundamental e um instrumento muito útil na construção como adulto".

Mariano Gago fala ao Ciência HojeQuestionado sobre a adesão de professores, pais e educadores a esta exposição, o psicólogo clínico vê "algumas dificuldades" mas considera "fundamental numa altura em que a educação sexual está a ser incluída nas escolas".




Mariano Gago fala ao Ciência Hoje



No final da visita, Mariano Gago falou ao CH afirmando que "é uma iniciativa muito bem concebida e muito testada contando com a vantagem de ser uma exposição que teve já muito público e que se encontra aplicada a Portugal". O ministro considerou ainda que esta está "muito adaptada aos jovens preenchendo um vazio e criando uma oportunidade de conhecimento, debate e socialização".

Jovens esclarecidos e dúvidas dissipadas é o objectivo que espera os visitantes à saída deste mundo de cores.

Sexo... e então?


Nome da exposição: " Sexo e então?"

Onde: Pavilhão do Conhecimento, Parque das Nações, Lisboa

Destinado a: Crianças entre os 9 e os 14 anos

Decorre até: 28 de Agosto de 2011

Esta mostra interactiva ocupará a nave central do Pavilhão do Conhecimento -Ciência Viva, com uma extensão aproximada de 700 m2. Dividida em cinco grandes áreas, os seus conteúdos são apresentados num tom divertido e informal. O rigor científico tem a garantia da supervisão de um grupo de especialistas em educação para a infância e adolescência que acompanharam a revisão da tradução dos textos originais.

Ciência Hoje
19-10-2010

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Invisíveis, mas não ausentes!

Victor Hugo em 1875 por Comte Stanislaw



Victor-Marie Hugo (Besançon, 26 de fevereiro de 1802 — Paris, 22 de maio de 1885) foi um escritor e poeta francês de grande atuação política em seu país. É autor de Les Misérables e de Notre-Dame de Paris, entre diversas outras obras.

Quando morreu, no século XIX, Victor Hugo arrastou nada menos que dois milhões de acompanhantes em seu cortejo fúnebre, em plena Paris.

Lutador das causas sociais, defensor dos oprimidos, divulgador do ensino e da educação, o genial literato deixou textos inéditos que, por sua vontade, somente foram publicados após a sua morte.

Um deles fala exatamente do homem e da Imortalidade e se traduz mais ou menos nas seguintes palavras:

“A morte não é o fim de tudo. Ela não é senão o fim de uma coisa e o começo de outra. Na morte o homem acaba, e a alma começa.

Que digam esses que atravessam a hora fúnebre, a última alegria, a primeira do luto. Digam se não é verdade que ainda há ali alguém, e que não acabou tudo?
Eu sou uma alma. Bem sinto que o que darei ao túmulo não é o meu eu, o meu ser. O que constitui o meu eu, irá além.

O homem é um prisioneiro. O prisioneiro escala penosamente os muros da sua masmorra, coloca o pé em todas as saliências e sobe até ao respiradouro.

Aí, olha, distingue ao longe a campina, aspira o ar livre, vê a luz.

Assim é o homem. O prisioneiro não duvida que encontrará a claridade do dia, a liberdade. Como pode o homem duvidar se vai encontrar a eternidade à sua saída?
Por que não possuirá ele um corpo sutil, etéreo, de que o nosso corpo humano não pode ser senão um esboço grosseiro?

A alma tem sede do absoluto e o absoluto não é deste mundo. É por demais pesado para esta Terra.

O mundo luminoso é o mundo invisível. O mundo do luminoso é o que não vemos. Os nossos olhos carnais só veem a noite.

A morte é uma mudança de vestimenta. A alma, que estava vestida de sombra, vai ser vestida de luz.

Na morte o homem fica sendo imortal. A vida é o poder que tem o corpo de manter a alma sobre a Terra, pelo peso que faz nela.

A morte é uma continuação. Para além das sombras, estende-se o brilho da eternidade.
As almas passam de uma esfera para outra, tornam-se cada vez mais luz, aproximam-se cada vez mais e mais de Deus.

O ponto de reunião é no infinito.

Aquele que dorme e desperta, desperta e vê que é homem.

Aquele que é vivo e morre, desperta e vê que é Espírito.” Victor Hugo

* * *

Muitos consideram que a morte de uma pessoa amada é verdadeira desgraça, quando, em verdade, morrer não é finar-se nem consumir-se, mas libertar-se.

Assim, diante dos que partiram na direção da morte, assuma o compromisso de preparar-se para o reencontro com eles na vida espiritual.

Prossiga em sua jornada na Terra sem adiar as realizações superiores que lhe competem, pois elas serão valiosas, quando você fizer a grande viagem, rumo à madrugada clarificadora da eternidade.

Redação do Momento Espírita, a partir do cap. Palavras do
autor e cap. A França chora seu maior poeta, do livro
Victor Hugo e seus fantasmas, de Eduardo
Carvalho Monteiro, ed. Eme.
Em 29.03.2010.

http://www.momento.com.br/

Nota do Bottary
:

É de suma importância que entendamos o que seria estas realizações superiores que nos competem, ditas acima.

No nosso entendimento, com base em raciocínios lógicos, são as nossas virtudes, ainda que latentes, quê, muitas das vezes, temos vergonha de realizá-las, haja visto nossa cultura errônea e sobretudo machista, de não nos permitir externar o que de bom existe dentro de cada um de nós. Os costumes não nos ajudam a combater nossas mazelas e procurarmos somente o caminho do bem; da libertação. Libertação esta que está muito acima do entendimento do senso comum; e, embora estejamos longe dela, e não existindo nenhuma receita pronta pra vivenciar a vida como ela é, devemos, por aquele raciocínio lógico, observarmo-nos em nosso comportamento para com o nosso semelhante; para com os animais; para com as plantas; enfim, para com o nosso meio-ambiente, pois quê, nos servirá de bússola quanto àquela correta caminhada rumo à dita libertação, e, por conseguinte, à plena felicidade. Seria então, estarmos sempre atentos: “ Fazer para com o outro, o mesmo que gostaríamos que se fizessem conosco( Falou Confúcio e depois o Cristo), ou seja: Ter paciência; tolerância; amizade sincera; respeito com o direito do outro; ser solidário; ser bom – aqui devemos entender o ser bom diferente de ser tolo); enfim, estar sempre procurando exercitar as boas ações.

Há muitos que necessitam de uma palavra amiga, assim como de uma orientação adequada, neutra e sensata. Seria como quê, um exemplo seu de bondade.

Um cumprimento seu de um bom dia àquele que lhe é desconhecido, tem muito mais significado e mérito para o Pai Celestial, do que aquele que o faz a um conhecido, mas da boca pra fora.

As virtudes do dia-a-dia, têm valores imensos na Rêde de Amor do Pai Celestial. Por exemplo: Fazer uma criança sorrir; dar lugar no assento de um ônibus à um idoso; a uma mulher grávida ou não; ajudar um deficiente a atravessar uma avenida; dar um presente a alguém – cada um dentro de seu padrão de vida – mas dado com muito amor e carinho e não para aplacar alguma fúria existente no outro; distribuir presentes em finais de ano, vestido de Papai Noel, como muitos empresários fazem; dar um abraço a alguém pela saída vitoriosa em alguma dificuldade na vida, são formas de mostrar a si mesmo que você sabe amar ao próximo, mesmo que a recíproca não seja tão verdadeira para com você.

Sabemos que somos cheios de defeitos, mas sabemos sobretudo que temos n valores, os quais serão valiosos no sopesar do julgamento de nossa própria consciência, no Plano Espiritual.

Agora, para variar e relaxar, devemos estar sempre de bom humor, ainda que sejamos negativistas pra determinadas coisas do universo.

Como diz um ditado milenar: “ Para termos boa saúde é preciso que andemos pela metade, comemos pelo dobro e riamos pelo triplo.”

Para que todos riam de mim assino o meu nome abaixo, para que todos leiam em voz alta e de traz pra frente: Arievilo Ed Iratob Odlareg


***






A Idade de Ser Feliz - Mário Quintana - Mensagem da semana


A Idade de Ser Feliz - Mário Quintana


Existe somente uma idade para a gente ser feliz.
Somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos e ter
energia bastante para realizá-los, a despeito
de todas as dificuldade e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar
com a vida e viver apaixonadamente e
desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo nem culpa de sentir prazer.

Fase dourada em que a gente pode criar e
recriar a vida à nossa própria imagem e
semelhança e vestir-se com todas as cores e
experimentar todos os sabores.

Tempo de entusiasmo e coragem em que todo
desafio é mais um convite à luta que a gente
enfrenta com toda disposição de tentar algo novo,
de novo e de novo, e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se
PRESENTE, também conhecida como AGORA
ou JÁ e tem a duração do instante que passa...

Mário Quintana


Aproveite o hoje, o agora para ser plenamente feliz

Chega de correr de um lado para o outro esperando descobrir o segredo da felicidade. Chega! Basta de delegar aos outros tanto poder sobre você, sobre a sua vida, sobre a sua felicidade. Pra você se sentir feliz não precisa de outro! É injusto pensar assim, viu? È injusto com você e com aquela pessoa que você dá dando poder.

O outro, que pode ser seu esposo, seu namorado, seu amigo, seu superior, seu ídolo, talvez, não pode e nem quer resolver sua vida num passe de mágica.

Pare de achar que a sua vida seria muito diferente se você fosse feliz! Pare de fazer como aqueles que fogem de casa para serem felizes. Ou como aqueles outros que fogem para casa para serem felizes. Uns se casam para serem felizes e outros se divorciam para serem felizes! Vixe! E o que dizer sobre aquelas pessoas que fazem viagens caríssimas para serem felizes? E aqueles que se matam de trabalhar depositando toda confiança de ser feliz no profissional?

Quanta força desperdiçada! Quanto tempo perdido! Quantos anos jogados fora! Não percebeu ainda que pode ser que o fruto nunca esteja maduro, que a lua nunca vai estar ao alcance e nem o vinho estará no ponto?

Pare de chorar e de se sentir triste e insatisfeito com a vida, com você mesmo! Pare já! Não tem graça, viu?

A partir deste sagrado instante decida-se a ser feliz com o que você é, com o que você tem, e onde está! Pronto, a sua busca da felicidade chegou ao fim. A felicidade nunca esteve na riqueza material, naquela viagem, na casa nova, no carro zerinho, naquela sua carreira e muito menos em determinada pessoa! Nunca esteve e nunca estará!

Está dentro de você mesmo! É perda de tempo e falta de inteligência procurar e outro lugar, tá? Toda vez que você achar que depende das coisas fora de você para ser feliz, você estará condenado à decepção. A felicidade nada tem a ver com conseguir, conquistar, comprar. Consiste sim em satisfazer com o momento presente e com o que você já tem, que é muito!

A única fonte de felicidade está dentro de você! Reparta com os menos avisados, menos favorecidos! Reparta a sua felicidade com os que menos merecem porque são exatamente eles, os que mais necessitam!

E aproveite o hoje, o agora para ser plenamente feliz! Faça a sua vida transbordar de tanto amor! Saboreie mais as pequenas coisas!

Bom Dia! Bom Divertimento! Fique com Deus no seu coração! Uma excelente quarta-feira!

Se você pensa que é um derrotado, você será um derrotado. Se não pensar quero a qualquer custo, não conseguirá nada. Mesmo que você queira vencer, mas pensa que não vai conseguir, a vitória não sorrirá para você" Napoleon Hil
Mensagem de Luis Carlos Mazzini

fadadasrosas.com.br


Vídeo - A Idade de Ser Feliz

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Baleia recordista viaja 10 mil km do Brasil ao Oceano Índico para acasalar

As manchas no rabo da baleia. (Foto: Peter Stevick/Antarctic Humpback Whale Catalogue)

O caso, assim como sua importância para a ciência, é relatado nesta quarta-feira na edição da publicação especializada "Biology Letters", publicada pela Royal Society da Grã-Bretanha.

Segundo os pesquisadores, as baleias-jubarte ("Megaptera novaeanglieae"), também conhecidas como baleias-corcunda, se destacam por suas longas migrações sazonais.
.
Esses animais costumam se deslocar 5 mil quilômetros para se acasalar, normalmente na direção norte-sul - por exemplo, entre uma latitude no extremo sul do continente, próximo da Antártida, e uma posição mais tropical.

A baleia de Abrolhos não apenas se deslocou o dobro do observado em um comportamento típico como o fez na direção oeste-leste.
O fato de o animal ser uma fêmea deixou os cientistas mais intrigados, já que, nessa espécie, são os machos os que costumam se deslocar por distâncias maiores em busca de acasalamento.

"A diferença entre as duas posições compreende mais de 88º de longitude. É o mais longo deslocamento de um mamífero, cerca de 400 km maior que o mais longo movimento sazonal de migração registrado até hoje", escrevem os pesquisadores.

Baleia atravessou um quarto do mundo em questão de semanas
O coordenador da equipe, Peter Stevick, do College of the Atlantic, em Maine, nos EUA, disse que é possível que a baleia tenha realizado a sua jornada em dois estágios ao longo de diversas semanas.

"Se eu tivesse de adivinhar, diria que o animal realizou uma migração normal para o Antártico (em busca de alimentação) e de lá para Madagascar", afirmou, à BBC.
"Se tivesse de desenhar um percurso, seria do Brasil para o Oceano Antártico e de lá para o Índico."

A descoberta deve ajudar os cientistas a entender melhor o comportamento das baleias-jubarte, uma espécie que apenas recentemente saiu da categoria de animais em risco de extinção.


Quase - texto - Mensagem do dia !

"O QUASE" de Luis Fernando Veríssimo



Ainda pior que a convicção do não é a incerteza do talvez, é a desilusão de um quase.
É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.

Quem quase ganhou ainda joga,
Quem quase passou ainda estuda,
Quem quase morreu está vivo,
Quem quase amou não amou.


Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.

Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto.

A resposta eu sei de cor, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai.

Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são.

Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza.

O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.

Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.

Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo.
De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma.
Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.
Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.

Desconfie do destino e acredite em você.

Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.



sábado, 16 de outubro de 2010

Horário de verão começa amanhã à meia-noite


O horário de verão começa amanhã e deverá proporcionar uma redução de cerca de 5% no consumo de energia elétrica nos momentos de pico de demanda no Sudeste, Centro-Oeste e Sul do País. A estimativa foi feita ontem pelo secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner.

À meia-noite deste sábado, os moradores dessas regiões terão de adiantar os relógios em uma hora. A medida vai valer até zero hora do dia 20 de fevereiro de 2011.
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que as companhias aéreas vão seguir o horário de verão desde a hora da virada, mas recomenda aos passageiros que procurem as empresas em caso de dúvida.

A SPTrans informou que todas as linhas de ônibus da capital farão o mesmo número de viagens. As 60 linhas que rodam 24 horas não têm mudanças. Já ônibus que param de madrugada terão horário normal mantido até 1h30 (2h30 no horário de verão), e voltarão a rodar às 3h30 do horário de verão. O Metrô divulgará hoje como vai operar.

Relógio deve ser adiantado em uma hora à 0h de domingo (18) (Foto: Glauco Araújo/G1)


O horário de verão este ano começa à 0h de domingo, 18 de outubro, e vai até a 0h de 21 de fevereiro de 2010.

Os relógios terão de ser adiantados em uma hora. A partir deste ano, a medida vigora em uma data fixa, conforme prevê decreto sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A mudança de horário só vale para os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Expectativa. Segundo o secretário de Energia Elétrica, esse porcentual de redução de 5% na demanda é o mesmo dos anos anteriores. O principal objetivo do horário de verão é aliviar a carga entre 19h e 21h, período em que a maioria das pessoas chega em casa, toma banho e a iluminação pública é acionada.

Como os relógios são adiantados em uma hora, esse pico do consumo é diluído, pois a luz natural do dia é aproveitada por mais tempo.

Segundo Grüdtner, no Sudeste e no Centro-Oeste a diminuição da demanda no horário de ponta será de 1.945 megawatts (MW), duas vezes o consumo de Brasília nesse horário.

No Sul, a redução será de 585 MW. A redução geral do consumo, considerando todo o dia e não só o horário de pico, deve ser de 0,5%. A AES Eletropaulo, concessionária que atende 24 municípios de São Paulo, prevê redução de até 6% na demanda de energia, o que corresponde a 430 MW.


Ideia do horário de verão surgiu antes mesmo da luz elétrica


Ben Franklin foi primeiro a ver economia em prolongar uso da luz do dia.Mas a medida 'estreou' só durante a Primeira Guerra Mundial.

Concepção artística mostra Benjamin Franklin escrevendo à luz de velas. (Foto: Arte/G1)

Em 1784, quando ainda não existia luz elétrica, o jornalista e inventor Benjamin Franklin viu que gastava muitas velas quando trabalhava de noite. Acordar mais cedo passou a ser a sua solução de economia, e ele chegou a sugerir que as praças tivessem "barulhos de canhões para fazer os preguiçosos levantarem mais cedo todos os dias". Para alívio dos vizinhos, a ideia de Franklin não foi implementada, mas ela foi o embrião do que hoje chamamos de horário de verão.

A ideia de ajustar os relógios veio um pouco mais tarde, em 1905, com o construtor William Willett. Ele lutou anos para conseguir introduzir o horário de verão na Inglaterra, mas morreu sem ver sua ideia funcionar.

Foi apenas na Primeira Guerra Mundial, em 1914, que o horário de verão foi introduzido pela primeira vez, na Alemanha. Rapidamente, outros países também adotaram a técnica, inclusive os EUA. No pós-guerra, no entanto, os fazendeiros americanos conseguiram derrubar a medida, que também caiu em vários outros países.
.
A guerra mundial voltou, em 1939, e novamente o horário de verão foi introduzido em países aliados e do eixo.
.
Nos anos 1960, a lei americana determinava que cada estado escolher se queria ou não participar da mudança, gerando uma grande confusão de horários. Em uma linha de ônibus da Virgínia Ocidental, por exemplo, os passageiros tinham que mudar seus relógios sete vezes em 56,3 km.
.
A história é contada no livro "Seize the Daylight: The Curious and Contentious Story of Daylight Saving Time", do especialista em horário de verão e P.h.d. pelo Instituto Tecnológico de Massachusetts David Prerau.

Outros benefícios

Em entrevista ao G1, por telefone, Prerau disse que a economia de energia não é o único benefício da implantação do horário de verão.


Segundo ele, muitos países adotam a medida por conta da diminuição da criminalidade no horário de saída do trabalho e também pelo aumento do lazer da população, que pode curtir o fim de tarde por mais tempo. "Hoje mais de 70 países adotam a técnica e na maioria deles a economia de energia é significativa."


Retrato mostra Benjamin Franklin em 1785 (Foto: Reprodução/Wikimedia Commons)

'Loucura anual'

Mas há quem diga que a contenção de energia não é o verdadeiro motivo da implantação do horário de verão. Michael Downing, professor da Universidade de Tufts, em Boston, e autor de "Spring Forward: The Annual Madness of Daylight Saving Time" (A primavera avançada: a loucura anual do horário de verão"), disse que a real intenção do adiantamento dos horários é o lobby das companhias de petróleo e das lojas de shopping.

"Eles lucram mais com o prolongamento do dia, já que como saem mais cedo do trabalho, as pessoas vão às compras. E não vão andando. Elas pegam carros". Segundo Downing, o horário de verão também contribui para o aquecimento global, já que aumenta o uso do ar-condicionado. "Acho que é uma medida cínica que evita o investimento em uma política eficaz de energia nos países."
Nota: Mazé Silva
.
Ao escrever o parágrafo que fala sobre Benjamim Franklin escrevendo à luz de vela, lembrei-me da minha infância e adolescência que também estudava à luz de lamparina, movida a querozene, pois também não existia energia na localidade onde eu morava.
.
Pense num sacrifício, você estudar, fazer tarefa desde o ensino primário como dizia-se na época, até ao término da 8ª série. Já no ano seguinte vim morar em Fortaleza e lá ainda continuava sem energia.
.
Quanto ao aspécto da energia chegar na zona rural, eu era pessimista e não acreditava. Estava igual a São Tomé, só acreditava se visse. Rsrsrs. Mas até que enfim colocaram. Afffffffff !!!!!!
.


Região Centro-Sul do País recebe alerta para temporais

Rajadas de vento superiores a 70 quilômetros por hora e fortes pancadas de chuva podem ocorrer em várias localidades de quase toda a Região Sul
A Região Centro-Sul do País está em alerta nos próximos dias por causa do risco de novos temporais, ventanias, quedas de granizo e também de ressacas nas praias, segundo informações da Climatempo.

As mudanças no tempo serão provocadas pelo deslocamento de uma nova frente fria, que chega associada a um ciclone extratropical e avança sobre o Sul do Brasil durante esta quinta-feira, o que vai deixar o céu com nuvens carregadas no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

Segundo a Climatempo, rajadas de vento superiores a 70 quilômetros por hora e fortes pancadas de chuva podem ocorrer em várias localidades de quase toda a Região Sul, mas as áreas com risco mais elevado de temporais são o centro-oeste e norte do Estado gaúcho, o planalto, serra e o oeste de Santa Catarina e o oeste e sul do Paraná.

Podem ocorrer quedas de granizo, além de ventos e chuvas intensas, que podem causar sérios danos, como destelhamentos e alagamentos. Algumas rajadas de vento podem ficar em torno dos cem quilômetros por hora.

Durante a sexta-feira, as nuvens mais pesadas já estarão fora do Sul do Brasil, o que afasta o risco dos temporais. Porém, um ciclone extratropical estará se movimentando pelo oceano, o que vai causar ventos fortes, que vão deixar o mar agitado e elevar as ondas a partir da sexta-feira, com mais intensidade no sábado dia em que há risco de ressacas nas praias da Região Sul.

O Rio de Janeiro, o centro-sul de Minas Gerais, a região do Triângulo Mineiro e o Estado de Mato Grosso do Sul também devem ficar em alerta entre a tarde de amanhã e a noite da próxima sexta-feira, por conta do risco de temporais devido a passagem desta frente fria. O litoral do Sudeste deve ter mar bastante agitado e risco de ressaca no sábado e no domingo.

jornaldelondrina.com.br


Tornado atinge Manaus - Amazonas

Chuva e ventos fortes causaram destruição em Manaus

No Alvorada, um dos pontos mais afetado, o fenômeno destelhou casas e empresas, derrubou árvores e destruiu carros.

Os ventos arrancaram parte do telhado da Fundação Bradesco, além de derrubar árvores.

Manaus - A chuva que atingiu Manaus no início da tarde desta quinta-feira (14), ocasionou vários destelhamentos nos arredores do Alvorada, na zona centro-oeste. De acordo com a Defesa Civil, seis árvores foram derrubadas pelo vento e ninguém ficou ferido.

Os radares do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) estavam desligados, o que não permitiu que o órgão registrasse a existência de um tornado na região, no entanto, um metereologista do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) observou imagens do fenômeno divulgadas na mídia e confirmou que se tratava de um tornado.

Segundo o coronel Ari Renato, da Defesa Civil do Município, os estragos ainda estão sendo contabilizados, mas até o momento, não há registro de feridos. De acordo com a chefe do 1º Distrito do Inmet, Lúcia Gularte, não é possível afirmar se houve tornado, uma vez que ainda não existem imagens de radar que comprovem o fato.

"Para ser considerado um tornado, precisamos ver as imagens de radar e a velocidade dos ventos deve ser acima de 60 quilômetros por hora, mas os radares do Sipam estavam desligados hoje e não pudemos medir", explicou.

Já o metereologista do Inpe em São José dos Campos (SP), Rui Koundraski, informou que viu as imagens na Globo News pode concluir que o fenômeno é um tornado. Ele disse ainda que, pelas imagens, deu para estimar que a velocidade do ventos ultrapassou os 100km/h. Apesar da força dos ventos, ele disse que é impossível afirmar que os estragos foram causados pelo tornado.

Na rua Dois, no Alvorada I, cerca de 30 casas foram parcial ou completamente destelhadas, de acordo com o soldado da 10ª Companhia Interativa Comunitária (10ª Cicom), Marcelo Coelho, que fazia patrulhamento pela área no momento do ocorrido.
"Sabe aqueles tornados que a gente vê na televisão? Era igual", explicou o vigilante Charles Lima, 30, que saiu de casa ao ouvir o barulho das telhas sendo arrancadas.

No Alvorada II, os estragos foram ainda maiores. Segundo moradores, telhas de alumínio da fábrica Cosmoplast, localizada na avenida Dom Pedro I, foram arrancadas do local e voaram por mais de 500 m, atingindo a rua Itororó, onde várias casas também ficaram sem telhas. Segundo o vendedor Alex Bragança, 31, morador da travessa 21 de Agosto, próxima à Itororó, o vento levantou telhas, pedras e pedaços de madeira.

"O vento trouxe tudo. Sorte que estávamos em casa e ninguém se machucou", contou.
Na rua 7 de Abril, também no Alvorada II, uma árvore caiu, interrompendo o tráfego de veículos.

Quase toda a região do Alvorada ficou sem energia e equipes da Amazonas Energia foram ao local fazer os reparos necessários.
ESTE FOI CONSIDERADO UM TORNADO TROPICAL
.
.
.
.
Nota: Tirem suas dúvidas quanto à definição e características de um Tornado.
.
Um tornado é um pequeno, porém intenso, redemoinho de vento, formado por um centro de baixa pressão durante tempestades. Se o redemoinho chega a alcançar o chão, a repentina queda na pressão atmosférica e os ventos de alta velocidade (que podem alcançar mais de 500 km/h) fazem com que o tornado destrua quase tudo o que encontrar no meio de seu caminho.
.
Normalmente, os tornados se formam associados a tempestades severas que produzem fortes ventos, elevada precipitação pluviométrica e freqüentemente granizo. Felizmente menos de 1% das células de tempestade originam um tornado. Porém todas as grandes células convectivas devem ser monitoradas por sempre haver a possibilidade destas reunirem as condições necessárias para a ocorrência do fenômeno.
.
Embora ainda não exista um consenso sobre o mecanismo que desencadeia o início de um tornado, aparentemente eles estão ligados a uma interação existente entre fortes fluxos ascendentes e descendentes que formam uma movimentação intensa no centro das nuvens carregadas que compõem as super-células tempestuosas.
.
Essas células normalmente formam-se devido ao contraste existente entre duas grandes massas de ar com diferentes pressões e temperaturas. Alguns locais do planeta estão mais sujeitos ao encontro desses contrastantes sistemas atmosféricos, como é o caso do meio-oeste dos EUA, ou o centro-sul da América do Sul.
.


sexta-feira, 15 de outubro de 2010

15 de Outubro - Dia dedicado ao Professor


Valorização profissional

Desejo a todos os meus colegas de magistério, "Um Feliz Dia do Professor", nesse dia 15 de outubro dedicado a todos nós, que diante de tantos obstáculos, estamos sempre de pé e na esperança de formarmos cidadãos consciente de seus direitos e deveres na sociedade.

Embora arduamente desempenhamos esse papel tão importante dentro da sociedade, mas temos o orgulho de que seremos recompensados, quando passamos a ver os nossos objetivos alcançados, que é o resultado positivo no processo Ensino Aprendizagem.

Que as crianças e os jovens incorporem todos os valores que transmitimos e que estão a servir de suporte no seu desempenho como ser humano e capaz de após esses ensinamentos, busquem a sua autonomia com ser dentro da sociedade e consigam por em prática o que foi transmitido pelos seus mestres.

Na verdade sentiremos felizes ao ver que nossos educandos já são capazes de tomarem iniciativas próprias diante de situações vividas, como também possam desenvolver o seu lado reflexivo, critico, participarivo, e que através de análises e questionamentos sejam capazes de refletir e agir dentro de um mundo difícil de se conviver e vencer na vida, com tantos conflitos que nos cercam.

Estes são os meus votos de Parabéns a todos os Mestres ou Professores que abraçaram essa profissão com coragem, otimismo e no compromisso de fazer o melhor possível para que se tenha uma educação de qualidade e na formação do indívíduo como um todo.

Mazé Silva

“Dia do Professor” é a data que se celebra hoje, no Brasil, em homenagem aos abnegados profissionais da Educação, que nas escolas públicas, filantrópicas e particulares fazem de seu saber ferramenta a serviço do conhecimento e do desenvolvimento intelectual de seus alunos.

Categoria que nunca teve o devido reconhecimento oficial, que nunca foi remunerada como deveria, que sempre esteve presente no cotidiano brasileiro exercendo sua profissão com dedicação, empenho e, não raramente, enfrentando problemas até mesmo para chegar à escola, o professor merece o respeito e a gratidão de todos.

A Educação brasileira avançou. Prédio mais modernos e adaptados para portadores de necessidades especiais foram construídos para abrigar escolas, alunos ganharam salas mais confortáveis, quadras poliesportivas se espalham pelas unidades de ensino. Essas melhorias são inegáveis e, embora ainda existam escolas precárias, de modo geral a rede física nos estados e municípios tem boa estrutura.

O avanço da Educação não é um todo. Nele existem áreas que se enquadram aos padrões universais, mas o elemento mais importante dessa cadeia, o professor, não recebe a devida valorização salarial.

Enquanto o Brasil não fizer clara opção pela Educação será país distante das nações mais desenvolvidas. Para optar por essa área o primeiro e mais importante passo é valorizar o professor, pois em caso contrário de nada valerá o moderno prédio escolar.

O Brasil insiste na Educação a partir do segundo andar, quando se sabe que sua base é o professor. As autoridades precisam se espelhar na lição mundial dada pela Coreia do Sul, que em 1953 ao sair de sangrenta guerra com a vizinha homônima do Norte registrava índice de analfabetismo próximo a 100% e que buscou o caminho do ensino valorizando o professorado, para que pudesse encontrar o caminho do desenvolvimento.

Em meados dos anos 1980 e trranscorridas três décadas da opção pela Educação A Coreia do Sul despontou para o mundo enquanto nação industrializada, dominando tecnologia de ponta e apresentando invejável qualidade de vida.

A Coreia do Sul é um pequeno país asiático, com área equivalente ao Pernambuco, enfrentou longa ocupação japonesa, passou por uma guerra tecnicamente ainda existente, mas seus produtos industrializados estão presentes nos quatro cantos do mundo, o que lhe confere o 13º lugar entre as economias.

A data dedicada ao professor na Coreia do Sul é 15 de maio, quando alunos reverenciam seus mestres e ex-alunos lhes rendem homenagem. O governo sul-coreano credita ao seu professorado o patamar alcançado pelo país e o remunera à altura.

Quando o governo em todas as suas esferas e as escolas particulares e flantrópicas reconhecerem salarialmente o trabalho do professor o Brasil encontrará o caminho do desenvolvimento por onde passou a Coreia do Sul.

Enquanto o Brasil não fizer clara opção pela Educação será país distante das nações mais desenvolvidas

jmnews

diariodecuiaba.com.br



quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Astronomia na Arte – O Sol, a Lua, as estrelas e o céu de Van Gogh



No dia 30 de março de 1853 nasceu, na aldeia holandesa Groot Zundert no sul da Holanda, um menino a quem deram o nome de Vincent Willem van Gogh. Seus pais eram Theodorus van Gogh (1822-1885), um severo pároco protestante da Igreja Reformada Holandesa, e Anna Cornelia (Carbentus) van Gogh (1819-1907).

Durante toda a sua vida Vincent van Gogh foi apoiado e sustentado financeiramente pelo seu irmão mais jovem Theo van Gogh, um comerciante de arte. Um acordo entre eles fazia com que o auxílio de 150 francos mensais enviados por Theo fossem pagos com quadros pintados por van Gogh. No entanto, durante toda a sua vida de pintor, que durou 10 anos dos quais podemos dizer que seis foram de aprendizado, van Gogh vendeu apenas um quadro, "A Vinha Vermelha", de 1890.

No ano de 1888 van Gogh passou a apresentar sintomas de degradação mental. Alucinações e ataques psicóticos passaram a dificultar ainda mais a sua vida. Na noite de 23 de dezembro de 1888 van Gogh, mostrando seu deplorável estado mental, após ter discutido violentamente com seu amigo e pintor Paul Gauguin, num acesso de fúria decepou a parte inferior de sua orelha esquerda com uma navalha, embrulhando-a num lenço e levando-a a uma prostituta chamada Raquel.

Os últimos anos da vida de van Gogh foram de intenso sofrimento, levando-o a contínuas internações em instituições para doentes mentais. Mesmo assim, ele continuava a criar intensamente tendo, próximo ao fim de sua vida, produzido 70 quadros em apenas alguns dias. Como resultado da rápida deterioração de sua saúde mental, na tarde de 27 de julho de 1890 van Gogh decide por um fim à sua "solidão imensa". Dois dias após disparar um tiro de revólver contra si próprio, no peito, van Gogh morreu na presença de seu irmão Theo que veio de Paris para assisti-lo em seus últimos momentos. O jornal local "L'Écho Pontoisien" de 7 de agosto de 1890 publicou simplesmente que:

"Domingo, 27 de julho, um certo van Gogh, com 37 anos de idade, súdito holandês, pintor, de passagem em Auvers, disparou sobre si próprio um tiro de revólver em campo aberto; dado que ficou apenas ferido, voltou para o quarto, onde faleceu dois dias depois".

Terminava assim a vida de um homem extremamente sensível, apaixonado, e com uma alma intensamente atormentada. A beleza vista por seus olhos era o legado que nos deixava, beleza essa que gritava nas cores vibrantes de seus quadros e que o colocava entre os mais amados e influentes artistas da pintura.

Van Gogh via o artista como um criador de quadros que não se destinavam a um público elitista, frequentador dos esnobes salões de exposições. Para ele as pinturas deveriam servir de modelos para reproduções que "trouxessem um pouco de luz às casas dos pobres". O artista van Gogh, que só consegui vender um quadro enquanto estava vivo e padeceu numa quase miséria sustentado financeiramente pelo seu irmão Theo, hoje se assustaria ao ver suas obras de arte sendo vendidas em leilões por valores fabulosos. Em 1987, a pintura "Lírio" foi leiloada por 49 milhões de dólares. Em 1990, o "Retrato do Dr. Gachet" foi leiloado por 75 milhões de dólares, o maior valor já atingido por uma pintura em um leilão. Em 1995, "Quatorze Girassóis em uma Jarra" alcançou 36 milhões e 225 mil dólares e em 1998, um "Auto-retrato" foi vendido por 71 milhões de dólares. Possivelmente Van Gogh morreria de vergonha ao ver a que se resume a arte hoje: investimento financeiro.

Ao contrário de outros pintores de sua época van Gogh não retratou a burguesia e sim trabalhadores, camponeses, fossem eles homens ou mulheres. Suas mulheres são pobres e solitárias. Mulheres varrendo, mulheres tecendo, mulheres fiando, mulheres colhendo. Seus homens também estão tristes e sozinhos. Seus desenhos retratam principalmente homens velhos. Curiosamente, embora a Holanda seja um pais com tradição de pesca, van Gogh retrata mais o trabalhador do campo (catadores de batatas, colheita de trigo, etc.) e o trabalhador braçal (homens pegando areia, etc.) do que o pescador.

A solidão é uma constante nos seus quadros. Mesmo as pessoas caminhando não o fazem em grandes grupos mas em duplas, casais ou pequenas famílias, onde sempre o elemento solitário aparece. Não há alegria nas personagens de Van Gogh, que sempre parecem estar engolidos por seus próprios pensamentos. Eles mostram no rosto a tristeza dos que não têm mais esperança na vida e nada mais esperam dela. O olhar perdido, o rosto sofrido e cansado, a expressão de uma tristeza cujo motivo se esconde fora dos domínios da sua pintura ou desenho. Seus rostos sombrios, tristes refletem a tristeza do autor. Não há sorrisos nos quadros e desenhos de van Gogh. A expressão de tristeza no rosto dos personagens de van Gogh é contagiante.

Ao contrário dos quadros mundanos de Toulouse-Lautrec não há sensualidade dos nús de van Gogh. Suas mulheres não seguem o padrão de beleza daquela época: são mulheres comuns, do povo. Um de seus principais modelos para nús foi Clasina Maria Hoornik, uma prostituta que ainda grávida de seu segundo filho, foi viver com van Gogh a partir de fevereiro de 1882. Esta mulher, mais conhecida como "Sien", viveu 19 meses com van Gogh, na mais extrema pobreza, tendo ela e seus filhos pequenos servido como modelos para dezenas de desenhos do artista.

A religião convencional não está presente em van Gogh. Embora ele fosse muito religioso não há quadros de madonas ou Cristos. Sua fé se revela nas pessoas ajoelhadas em oração mas não em imagens religiosas.


O Sol, a Lua, o céu e as estrelas de van Gogh

Van Gogh era um pintor apaixonado pelas pessoas e por paisagens. Em muitos de seus quadros surgem repetidos elementos celestes, a Lua, o Sol, as estrelas emoldurando belíssimos campos de colheita. Certamente van Gogh foi o pintor que mais apresentou elementos astronômicos em sua pintura. O Sol é o elemento mais usado, aparecendo em muitas de suas paisagens, mas incontestavelmente suas pinturas retratando o céu estrelado são as mais famosas.

In Café Orbital

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

12 de Outubro - Dia de Nossa Senhora Aparecida - Padroeira do Brasil

A Basílica de Nossa Senhora Aparecida em São Paulo - A Padroeira do Brasil



Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil e um dos Santuários mais visitados do Brasil. Romarias com destino a Aparecida do Norte partes todos os dias de algum canto, e todos com a mesma intenção, pagar e agradecer promessas recebidas, pedir por curas e todos os tipos de ajuda.

Tem muitos romeiros que seguem por quilômetros a pé, de bicicleta ou carona. É a fé que move este povo.Na Catedral de Aparecida tem uma sala dos milagres em que as pessoas deixam suas lembranças em agradecimento.

Todo ser humano, independente da sua crença, condição econômica, posição social, sempre convive com a insegurança e o anseio por estabilidade.Enfim, busca a segurança, a garantia de melhores condições de vida e a harmonia com os outros. Há muitas coisas que dependem do nosso esforço, mas há necessidades que transcendem os nossos limites. É especialmente nestas horas que recorremos a Deus com mais intensidade.

A Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, foi encontrada no rio Paraíba na segunda quinzena de outubro de 1717, é de terracota, isto é, argila que, depois de modelada, é cozida em forno apropriado, medindo 40 centímetros de altura.

Hipoteticamente, ela teria, originalmente, uma policromia, como era costume na época, mas não há documentos que comprovem. Quando foi pescada, o corpo estava separado da cabeça e, muito provavelmente, sem a policromia original, devido aos anos em que esteve mergulhada nas águas e no lodo do rio.

A cor acanelada com que, hoje, é conhecida ,deve-se ao fato de ter sido exposta, durante anos, ao picumã das chamas das velas e dos candeeiros. Seu estilo é seiscentista, como atestam alguns especialistas que a estudaram.

Entre os que confirmam ser a Imagem do Século XVII estão o Dr. Pedro de Oliveira Ribeiro Neto, os monges beneditinos do mosteiro de São Salvador, na Bahia, Dom Clemente da Silva Nigra e Dom Paulo Lachenmayer.

Finalmente, em 1978, após o atentado que a reduzira em quase duzentos fragmentos, foi encaminhada ao Prof. Pietro Maria Bardi – na época diretor do Museu de Arte de São Paulo – que a examinou, juntamente com o Dr. João Marinho, colecionador de imagens brasileiras.

A partir de 8 de setembro de 1904, quando foi coroada, a imagem passou a usar, oficialmente, a coroa ofertada pela Princesa Isabel, em 1884, bem como o manto azul-marinho.

Por volta de 1734, o Vigário de Guaratinguetá construiu uma Capela no alto do Morro dos Coqueiros, aberta à visitação pública em 26 de julho de 1745. Mas o número de fiéis aumentava, e, em 1834 foi iniciada a construção de uma igreja maior (atual Basílica Velha).

Em 1980, ainda em construção, foi consagrada pelo Papa João Paulo ll e recebeu o título de Basílica Menor. Em 1984, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) declarou oficialmente a Basílica de Aparecida:Santuário Nacional; “maior Santuário Mariano do mundo”.
.


sábado, 9 de outubro de 2010

Perfuradora chega ao local em que os 33 mineiros estão presos no Chile


Local foi alcançado às 8h05 locais, 9h05 de Brasília, segundo ministro.
Familiares comemoraram aos gritos de 'Chi, chi, chi, le, le, le!'.

Uma das perfuradoras chegou na manhã deste sábado (9) ao local em que 33 trabalhadores estão presos em uma mina de cobre no deserto do Atacama, no norte do Chile.

A perfuradora T-130, do plano B de resgate, atingiu o local em que os mineiros estão presos às 8h05 locais (9h05 de Brasília), na Mina San José, próximo à cidade chilena de Copiapó, segundo o ministro de Mineração, Laurence Golborne.

Eufóricos e emocionados, os parentes dos mineiros, que estão alojados no acampamento Esperança, subiram à montanha próxima e comemoraram o feito, aos gritos de 'Chi, chi, chi, le, le, le!'. A abertura do túnel foi anunciada por uma sirene e celebrada por um sino, que tocou por mais de uma hora.



As equipes de resgate devem decidir mais tarde, ainda neste sábado, quando eles provavelmente vão começar a subir os mineiros, segundo Golborne. Ele afirmou que ainda resta muito trabalho a fazer.

O ministro afirmou que os mineiros "estão muito tranquilos, mais tranquilos que a imprensa".

Assista o momento em que a chegada da perfuradora é anunciada

Ele disse que a perfuração foi feita de maneira controlada. Os próprios mineiros presos iam explicando à pessoa que operava a broca onde estava o martelo que perfurava a terra.

"Foram 33 dias de perfuração para resgatar 33 mineiros", brincou o ministro.

Agora, a máquina vai ser desmontada, em um processo que deve durar seis horas, e uma câmera de TV vai ser introduzida no rúnel para ver o seu estado.



Assim, vai ser possível saber se o túnel precisará ser revestido, total ou parcialmente, de metal, para que finalmente os trabalhadores sejam içados, em cápsulas especiais com a largura dos ombros de um homem, em uma das mais complexas tentativas de resgate da história da mineração.

Os engenheiros responsáveis pelo resgate precisam decidir se vai ser preciso forrar o túnel com um cilindro de metal, antes que seja iniciada a subida dos mineiros, o que poderia ocorrer já a partir da terça-feira, segundo previsões anteriores do governo.

Nos últimos dias, os mineiros, presos a uma profundidade de 630 metros desde um acidente em 5 de agosto, fizeram atividades físicas mais intensas para se preparar para o resgate.

Eles devem ser submetidos a uma dieta de alimentos sólidos seis horas antes de subir.


Direto da mina de San José, Copiapó



Um grande avanço foi registrado nesta manhã pela broca Schramm T-130 do chamado "Plano B", que atingiu 592 m de profundidade e ficou a somente 40 m de fazer contato com os 33 trabalhadores presos na mina de San José. Faltando cada vez menos dias para o chamado dia "D", a equipe médica já definiu e conferiu a logística da saída dos trabalhadores.

O Dr. Alejandro Pino, diretor-executivo da Associação Chilena de Seguridad (ACHS) da quarta região, disse ao Terra Chile que "vão descer um resgatista mineiro e um paramédico do exército.

Eles vão definir a ordem de saída e os mineiros vão usar uma máscara que lhes permita respirar. No duto haverá ar suficiente para que eles possam até mesmo ficar sem a máscara em alguns momentos; eles serão monitorados e vamos estar prontos para oferecer tudo o que precisarem na entrada da mina".

O médico acrescentou que no mais tardar na próxima terça-feira, dia 12, os mineiros terão as roupas que vão usar no resgate. "São roupas de mergulhador, que têm propriedades impermeáveis, são leves e somente serão utilizadas na tarefa de içamento; posteriormente eles serão examinados e em seguida terão contato com suas famílias",afirmou.

.









Nota Elo: Mazé Silva


Gente essa notícia do término da perfuração para chegar até à mina e salvar os mineiros chilenos, foi uma alegria para todos e uma emoção difícil de se dizer o quanto estamos felizes pelos nossos irmãos cativos que nunca perderam a fé de serem salvos.


Todo o mundo civilizado está louvando ao senhor por esta graça alcançada e se Deus quiser como está previsto a retirada dos meninos chilenos, na próxima terça- feira estaremos em festa por este resgate desses seres humanos sofridos e pelas famílias que estão na espectativa de ver e abraçar os seus entes queridos!


Louvado seja o Senhor e bendita seja a virgem Maria Santíssima que derramou as suas bênçãos maternas em prol dessa situação que não foi e nem será impossível pra Deus.


BOA SORTE PARA OS NOSSOS QUERIDOS IRMÃOS QUE ESTÃO PRESTES A SEREM RESGATADOS