sexta-feira, 1 de outubro de 2010

ALMA do Chile: Um dos maiores projectos científicos do século XXI



Telescópio permitirá estudar blocos de estrelas, sistemas planetários e galáxias

Um projecto de fornecimento de 180 quilómetros de cabos isolados de média tensão levará à construção do ALMA, o mais poderoso telescópio do mundo para observação do universo frio, num contrato de um milhão de euros, mas cujo valor global do projecto ascende a mil milhões.

Está situado no planalto de Chajnantor – no Chile, e cuja execução está a cargo do Observatório Europeu do Sul (ESO) – e vai permitir estudar os blocos de estrelas em crescimento, sistemas planetários, galáxias e a própria vida.

Os cabos são fornecidos por uma empresa portuguesa (Solidal), já estão a ser instalados e destinam-se ao transporte de energia a 30 quilovolts entre a central de produção de energia e o planalto, situado a cinco mil metros de altitude, através da instalação de dois circuitos paralelos de extensão aproximada de 30 quilómetros.

“Pelo elevadíssimo grau de exigência e rigor a que a construção de uma infra-estrutura internacional de astronomia desta envergadura e importância obedece, é prestigiante o facto de termos sido escolhidos para participar na sua instalação”, refere Pedro Lima, presidente da Solidal.

O projecto ALMA será um instrumento único de design revolucionário, constituído por uma rede de 66 antenas gigantes interligadas, ou seja, o telescópio será capaz de observar o Universo com uma sensibilidade e resolução sem precedentes, com uma nitidez que será dez vezes superior à do Telescópio Espacial Hubble.

Considerado um dos cinco maiores projectos científicos para o século XXI, a sua construção estará concluída em 2012, embora se espere que as observações científicas possam iniciar-se já no próximo ano.

Ciência Hoje
30-09-2010

Nenhum comentário: