quarta-feira, 23 de março de 2011

Após seis anos, Messenger entra na órbita de Mercúrio

Messenger: sonda percorreu 7,9 bilhões de quilômetros para chegar ao planeta Mercúrio (Nasa)


É a primeira nave a circundar o planeta mais próximo do Sol

Depois mais de seis anos de viagem, a sonda Messenger entrou na órbita de Mercúrio nesta quinta-feira, às 23 horas, após uma manobra de 14 minutos que lhe permitiu reduzir a velocidade e fixar a trajetória.

É a primeira nave a orbitar o planeta mais próximo do Sol, como parte de um estudo sem precedentes, conforme divulgou a Nasa, a agência espacial americana.

De acordo com a Nasa, a manobra coloca a Messenger em uma órbita de 12 horas sobre o planeta a uma altitude mínima de 200 quilômetros. Estará a 46,14 milhões de quilômetros do Sol e a 155,06 milhões de quilômetros da Terra.

A nave está equipada com nove instrumentos científicos. Entre seus objetivos, estão: mapear o planeta, determinar sua composição e sondar sua evolução geológica.

Com o sucesso da Messenger, pela primeira vez todos os planetas rochosos do Sistema Solar - além da própria estrela - estão sob o monitoramento constante de satélites (Mercúrio, Vênus e Marte) e mesmo jipes-robôs (Marte).

A Messenger é sucessora da Mariner 10, única sonda que já havia se aproximado de Mercúrio, nos anos 70. A Mariner foi programada para fazer três passagens pelo planeta - mas fez as três pelo mesmo lado, e por isso mais da metade de Mercúrio nunca foi observada. É a missão que a Messenger começa agora cumprir.

Nenhum comentário: