quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Vídeo impressionante mostra viagem em órbita da Terra

 Imagens tirada a partir da Estação Espacial Internacional 
foram animação rica do nosso planeta.


   Mazé Silva
Elo Geográfico


O Homem como empreendedor e dominador dos assuntos ligados ao espaço, sempre aparece com novidades para chamar atenção ou impressionar os habitantes do nosso belo Planeta que chamamos de Terra.

Nesse vídeo que iremos mostrar a seguir e que foi uma série de filmagem onde foram coletadas imagens de uma grandiosidade, devido a sua beleza e que conduz os observadores a ficarem atônitos com estas visões impressionantes que o nosso planeta poderá nos proporcionar.

Essa raridade de imagens foram fornecidas, Isto é, capturadas da Estação Espacial Internacional (ISS) e pelo dinamismo das mesmas, tornou-se uma beleza para os olhos dos amantes do Espaço, da Astronomia e também dos que gostam de desvendar o maior número possível do desconhecido dos astros.

A trajetória ou percurso para a conquista dessa façanha fotográfica espacialmente, foi de um grande percurso, dando oportunidade aos cientistas a mostrar de uma forma mais ampla e nítida o deslumbre do tão importante astro para a vida humana.


Nota do Elo Geográfico: Mazé Silva
-----------------------------------------------------------------------------------------

Filme reúne 600 imagens tiradas na Estação Espacial Internacional

O professor de ciências, James Drake, publicou recentemente em seu blog um vídeo que leva o expectador a uma viagem fascinante sobre o planeta Terra.

O filme reúne 600 imagens tiradas na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), que juntas formam uma animação rica em detalhes e preciosismo.
A jornada começa no Oceano Pacifico e continua pela América do Norte e América do Sul antes de entrar na Antártida.

No decorrer do caminho, é possível ver uma tempestade de raios e o foco de luz de várias cidades, como Vancouver no Canadá, ou Los Angeles, nos EUA.
Para ver mais do trabalho de James Drake acesse: http://buble.me/09b9eb

20/09/2011 17:28




Viagem em órbita da Terra


domingo, 18 de setembro de 2011

Satélite da NASA pode cair sexta-feira - risco de vítima é de 1 em 3.200



   Mazé Silva
 Elo Geográfico


Os habitantes do Planeta Terra estarão vivendo nos últimos dias de setembro para o começo de outubro, momentos de tensão, por conta da expectativa da queda de um satélite artificial, UARS (Upper Atmosphere Research Satellite), um satélite de observação atmosférica, que foi lançado ao espaço em 1991 pelo Ônibus Espacial Discovery.

Apesar de toda eficiência da NASA e da evolução da tecnologia aeroespacial, com homens formados em engenharia dentro da área astronômica como são os Astronautas e os Cosmonautas, mas as margens de erros não irão deixar de existir, pois a perfeição na vida só ficou para Deus, embora o ser humano seja dotado de uma inteligência aguçada.

Homens com QI elevado, desenvolvem projetos com tecnologia de ponta, mas as margens de erros de retornos desses instrumentos que, com todo preparo científico, sempre vai existir, assim como já tivemos ônibus espaciais que chegaram a explodir ao serem lançados ao espaço com suas missões determinadas pela NASA.

Não só agora a vida útil do UARS chegou a seu final em sua missão, mas desde 2005 já era considerado lixo espacial. Depois de tanto tempo, esses pedaços desintegrados do satélite, entrará na órbita da Terra. E esta será a primeira vez que correremos esse risco de sermos atingidos, por instrumentos oriundos do espaço, embora as possibilidades sejam pequenas.

Teremos informações fornecidas pela NASA, para que haja um certo cuidado com o que se possa ocorrer com a chegada ao Planeta Terra desses grandes pedaços que desintegraram-se desse corpo artificialmente projetado pelo ser humano.

Esperamos que esse lixo espacial ao atingir o solo terrestre não cause nenhum transtorno as nossas vidas, podendo cair em lugares onde não haja a presença de seres humanos e animais, como no oceano, rios e florestas.


Notificações do Elo: Mazé Silva

------------------------------------------------------------------------------------------

Queda do satélite da NASA

A NASA afirmou que o satélite UARS (Upper Atmosphere Research Satellite) poderá cair na próxima sexta-feira, dia 23.

Segundo a agência, a previsão tem margem de erro de 1 dia para mais ou para menos - ou seja, a queda provavelmente ocorrerá entre a quinta-feira (22) e o sábado (24).

"A reentrada do UARS se antecipou por causa de um forte aumento na atividade solar no início desta semana," disse a NASA.

Mas não há nenhuma melhora na previsão do local da queda: o satélite poderá cair em qualquer local do planeta fora dos círculos polares - entre os 57° de latitude norte e sul.

Acidente espacial

O satélite, levado ao espaço em 1991 pelo ônibus espacial Discovery, é grande demais e não se queimará inteiramente na reentrada.

A NASA calcula que 26 pedaços grandes atingirão a superfície, o maior deles com cerca de 150 quilogramas.

A chance de que um desses pedaços atinja um ser humano é de 1 em 3.200.
Esse é um cálculo para "qualquer ser humano". Se o cálculo for feito para um ser humano específico - você, por exemplo - a chance é de 1 em 22 trilhões.

Se isto acontecer, o que é muito improvável, será a primeira vez que um artefato espacial fará uma vítima. 

Satélite cairá na Terra, a chance de vítima é de 1 em 3.200.

Vídeo: Noticia apresentada no Jornal Nacional no dia 16/09/2011. Nesta noticia, a agência internacional americana -NASA avisa que um satélite artificial desativado, irá fazer sua reentrada na terra podendo se chocar com a América do Sul


Inovação Tecnológica