domingo, 18 de setembro de 2011

Satélite da NASA pode cair sexta-feira - risco de vítima é de 1 em 3.200



   Mazé Silva
 Elo Geográfico


Os habitantes do Planeta Terra estarão vivendo nos últimos dias de setembro para o começo de outubro, momentos de tensão, por conta da expectativa da queda de um satélite artificial, UARS (Upper Atmosphere Research Satellite), um satélite de observação atmosférica, que foi lançado ao espaço em 1991 pelo Ônibus Espacial Discovery.

Apesar de toda eficiência da NASA e da evolução da tecnologia aeroespacial, com homens formados em engenharia dentro da área astronômica como são os Astronautas e os Cosmonautas, mas as margens de erros não irão deixar de existir, pois a perfeição na vida só ficou para Deus, embora o ser humano seja dotado de uma inteligência aguçada.

Homens com QI elevado, desenvolvem projetos com tecnologia de ponta, mas as margens de erros de retornos desses instrumentos que, com todo preparo científico, sempre vai existir, assim como já tivemos ônibus espaciais que chegaram a explodir ao serem lançados ao espaço com suas missões determinadas pela NASA.

Não só agora a vida útil do UARS chegou a seu final em sua missão, mas desde 2005 já era considerado lixo espacial. Depois de tanto tempo, esses pedaços desintegrados do satélite, entrará na órbita da Terra. E esta será a primeira vez que correremos esse risco de sermos atingidos, por instrumentos oriundos do espaço, embora as possibilidades sejam pequenas.

Teremos informações fornecidas pela NASA, para que haja um certo cuidado com o que se possa ocorrer com a chegada ao Planeta Terra desses grandes pedaços que desintegraram-se desse corpo artificialmente projetado pelo ser humano.

Esperamos que esse lixo espacial ao atingir o solo terrestre não cause nenhum transtorno as nossas vidas, podendo cair em lugares onde não haja a presença de seres humanos e animais, como no oceano, rios e florestas.


Notificações do Elo: Mazé Silva

------------------------------------------------------------------------------------------

Queda do satélite da NASA

A NASA afirmou que o satélite UARS (Upper Atmosphere Research Satellite) poderá cair na próxima sexta-feira, dia 23.

Segundo a agência, a previsão tem margem de erro de 1 dia para mais ou para menos - ou seja, a queda provavelmente ocorrerá entre a quinta-feira (22) e o sábado (24).

"A reentrada do UARS se antecipou por causa de um forte aumento na atividade solar no início desta semana," disse a NASA.

Mas não há nenhuma melhora na previsão do local da queda: o satélite poderá cair em qualquer local do planeta fora dos círculos polares - entre os 57° de latitude norte e sul.

Acidente espacial

O satélite, levado ao espaço em 1991 pelo ônibus espacial Discovery, é grande demais e não se queimará inteiramente na reentrada.

A NASA calcula que 26 pedaços grandes atingirão a superfície, o maior deles com cerca de 150 quilogramas.

A chance de que um desses pedaços atinja um ser humano é de 1 em 3.200.
Esse é um cálculo para "qualquer ser humano". Se o cálculo for feito para um ser humano específico - você, por exemplo - a chance é de 1 em 22 trilhões.

Se isto acontecer, o que é muito improvável, será a primeira vez que um artefato espacial fará uma vítima. 

Satélite cairá na Terra, a chance de vítima é de 1 em 3.200.

Vídeo: Noticia apresentada no Jornal Nacional no dia 16/09/2011. Nesta noticia, a agência internacional americana -NASA avisa que um satélite artificial desativado, irá fazer sua reentrada na terra podendo se chocar com a América do Sul


Inovação Tecnológica



6 comentários:

Eneide disse...

Oi Maze! nunca mais comentei nada e voce também está ausente não é!Eu vi areortagem sobre o satélite e sua matéria no blog. É assustador mas como os riscos não são tão grandes se Deus quiser não vai atingir as pessoas. São muitas coisa para se ver neste mundo em!.
Abraços da mana
Eneide

Mazé Silva disse...

Olá minha mana querida!

Pois é, estive ausente do Blog, nunca mais pude postar, por problemas de saúde e pela minha insatisfação com várias coisas que aconteceram em minha vida.

Estou feliz por teres vindo aqui deixar o seu comentário!

Que Deus ilumine a todos e não aconteça nada!

Beijos da sua irmã que muito lhe quer bem!

Mazé Silva.

Adailton Moura disse...

Oi Dra. Mazé Silva, grande postagem pois não sabia de tal fato, ficarei atento a queda deste objeto.

Um grande abraço

Vera disse...

Oi querida amiga, obrigada por compartilhar, não vi a notícia na tv, vamos pedir a proteção de Deus para que caia em um lugar desabitado ou no mar e que não provoque nada de grave não é?
Bjs Mazé.

Mazé Silva disse...

Olá meu querido amigo Adailton!

Fiquei feliz com sua vinda aqui ao Blog Elo Geográfico. É sempre bom contar com a sua participação.

É isso, ficaremos na expectativa desse acontecimento e que não venha a ter vítimas, já que as possibilidades são tão remotas!

Um grande beijo e espero você aqui com uma postagem! rsrsrs.

Mazé Silva!

Mazé Silva disse...

Olá,minha amiga Vera!

Não é preciso agradecer, para mim é um grande prazer compartilhar contigo as matérias do Elo, pois sei que gostas e se interessa pelo assunto.

Obrigada querida Vera, e com os poderes do Senhor, não haverá nenhuma tragédia!

Beijos da amiga!

Mazé Silva!!!