domingo, 10 de junho de 2012

A festa de Corpus Christi




   Elo Geográfico

    Mazé Silva


Nota da Administradora do Blog:

Em princípio, antes de falar sobre o tema a ser abordado, quero cumprimentar os freqüentadores do Elo Geográfico e dizer da minha ausência aqui neste espaço e por motivo de força maior deixei de ministrar ou postar conteúdos importantes e de grande relevância para o crescimento do Blog e que talvez pudesse servir de aprendizado, para quem busca na internet, assuntos diversos ou mesmo curiosidades que deixam os leitores ansiosos para integrar-se àquela matéria que de certa forma chamara-lhe atenção.

A minha vontade era imensa de está sempre aqui a compartilhar com os amigos diversos assuntos que iam surgindo no dia-a-dia e meramente por sua devida importância, mesmo assim não consegui realizar os meu objetivos que era colocar em dia, temas que para mim iriam enriquecer o que tina sido propostos através das Etiquetas que abrangem parte da Geografia e as disciplinas ou temas que estão ligadas a essa ciência tão valiosa para a humanidade, onde muitas vezes muitas pessoas são leigas no tocante a sua abrangente interdisciplinaridade. Independente do que eu propunha, fui obrigada a parar, por alguns meses, visto que a minha saúde estava fragilizada tornando-me incapaz de seguir os raciocínios, mediante ao estado físico e emocional. Ainda estou lutando para que tudo ocorra bem e a Deus querer o mais breve possível, eu possa superar todos os obstáculos que enfrento hoje.

-------------------------------------------------------------------------------------------

A celebração de Corpus Christi


Para compreender e entender o que chamamos de “Celebração de Corpus Christi”, temos primeiro que ter conhecimentos de outras datas que foram ou são anualmente comemoradas e que antecede a esse Evento, como: “Páscoa, Quaresma, Domingo de Ramos, Pentecostes”. Nem sempre a Festa de Corpus Christi é celebrada no mesmo dia em todos os anos. O feriado de Corpus Christi é uma das festividades móveis que giram em torno da Páscoa. A Páscoa é comemorada no primeiro domingo depois da lua cheia de 21 de março. Veja como funcionam essas festividades móveis que são calculadas a partir da Páscoa:

- Quaresma: período que compreende os 40 dias que antecedem a Páscoa;

- Domingo de Ramos: domingo que antecede o domingo de Páscoa;

- Pentecostes: celebrado após 50 dias do domingo de Páscoa;

- Corpus Christi: celebrado na quinta-feira após o domingo de Pentecostes.



recados



A Festa de Corpus Christi, é celebrada por todos os fiéis católicos do mundo inteiro, isto é, celebra a presença do corpo e sangue de Cristo e é um dos sacramentos da Eucaristia. Segundo as religiões cristãs, na quinta-feira santa, dia que antecedeu a sua morte, Jesus Cristo reuniu os seus apóstolos para a Última Ceia, quando disse: “Isto é o meu corpo (apontando para o pão), e isto é o meu sangue (apontando para o vinho)”. Os católicos do mundo todo agradecem então, o dom da Eucaristia, no qual crêm que Deus é o alimento espiritual da alma.

Esta é a celebração onde a Igreja comemora de forma Solene, “ A Instituição do Santíssimo Sacramento da Eucaristia”, sendo este o único dia do ano, que o Santíssimo Sacramento sai às ruas em procissão para abençoar as pessoas, as famílias e a cidade e que é na Festa de Corpus Christi que os fiéis agradecem e louvam a Deus pelo inestimável dom da Eucaristia, na qual o próprio Senhor se faz presente como alimento e remédio de nossa alma. Em muitos lugares ou cidades brasileiras e portuguesas, criou-se o belo costume de enfeitar as casas com oratórios e flores e as ruas com tapetes ornamentados, tudo em honra do Senhor que vem visitar o seu povo. Tudo isto tem muito sentido e deve ser preservado.

Em todas as 20 dioceses de Portugal, fazem-se solenes procissões a partir da igreja catedral, tal como em muitas outras localidades, que são muito concorridas. Estas procissões atingem o seu esplendor máximo em Braga, Porto e Lisboa.
A Eucaristia é fonte e centro de toda a vida cristã. Nela está contido todo o tesouro espiritual da Igreja, o próprio Cristo.

A Santíssima Trindade é um mistério de um só Deus em três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.
Pai que é Deus, que é Amor: somente o Pai que ama respeita a liberdade de seu filho.


Filho que é Jesus Cristo: é o Deus visível que se fez homem, nascendo da Virgem Maria para cumprir a vontade de Deus de libertar os homens do pecado.
Jesus é Deus e as principais provas são:

a) O próprio Jesus diz-se Deus (Jo 10, 30 / 14, 7 e Lc 22, 67-70) .

b) Os milagres eram feitos pelo próprio Jesus, e não por meio de Jesus.


Espírito Santo que é o Amor do Pai e do Filho que nos é comunicado e transmitido. Segundo o CREDO, Jesus foi concebido pelo Poder do Espírito Santo, nascido da Virgem Maria. Maria foi então convidada a conceber Jesus e a concepção de Jesus foi obra do poder do Divino Espírito Santo: "O Espírito virá sobre Ti..." A missão do Espírito Santo está sempre conjugada e ordenada à do Filho, ou seja, toda a vida de Jesus manifesta a vontade do Pai que por sua vez é manifestada pelo Espírito Santo.

Um fato dos Evangelhos é que os Apóstolos estavam com muito medo após a morte de Jesus. Foi à descida do Espírito Santo sobre eles que os transformou radicalmente e deu coragem para que saíssem anunciando o Evangelho. O mesmo Espírito Santo que deu forças aos apóstolos e mártires é recebido no sacramento da Crisma, e aí está a importância deste sacramento no fortalecimento da Fé e na profissão do Cristianismo de cada um.

Alguns conhecimentos do tema abordado

Corpus Christi é uma expressão em latim que significa “Corpo de Cristo”,

Origem de Corpus Christi

A origem da Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo começou no Século XIII, em 1269. A Igreja Católica sentiu a necessidade de que as pessoas sentissem a presença real de Cristo.
Conta a história, que existia um sacerdote chamado Pedro de Praga, que vivia angustiado por dúvidas sobre a presença de Cristo na Eucaristia. Decidiu então ir em peregrinação ao túmulo dos apóstolos Pedro e Paulo em Roma, para pedir o dom da fé. Ao passar por Bolsena, na Itália, enquanto celebrava a Santa Missa, foi novamente acometido da dúvida. Na hora da Consagração veio-lhe a resposta em forma de milagre: a hstia branca transformou-se em carne viva, respingando sangue, manchando seu corpo, os sangüíneos e as toalhas do altar sem no entanto manchar as mãos do sacerdote, pois, a parte da hóstia que estava entre seus dedos, conservou as mesmas características.

O Papa Urbano IV, pediu que os objetos fossem levado para Orviedo em uma grande procissão, e foi nesse momento que a festa de Corpus Christi foi decretada. .
Esta é uma pequena abordagem do significado e origem dessa festa tão importante para os católicos. 

Maiores detalhes poderão encontrar em sites da:

Canção Nova, Wikipédia, Portal da Família e outros.


Festa de Corpus Christi na Terra Santa - 0706/12

Um comentário:

CLEUZA disse...

Amável amiga Mazé

Agradeço-lhe penhoradamente, pela matéria detalhada, com tanta propriedade!O bom leitor é aquele que mesmo tendo conhecimento de determinado assunto,tenta se embrenhar, com carinho e atenção naquilo que lhe é familiar,pois vai descobrir detalhes,que lhe passaram em leituras anteriores. Seu texto ofereceu-me esta oportunidade, não só pela riqueza da apresentação,de um português priomoroso,como também pelo tema que é cada dia mais novo em nossos corações,desde quando o Filho de DEUS,único e verdadeiro,habita dentro de nós. Amei.Obrigada querida amiga por tão alvissareiro conteúdo, e encher minha alma de júbilo.Bjs