quarta-feira, 27 de março de 2013

"A Hora do Planeta" - Em Fortaleza, Brasil e no Mundo

Hora do Planeta - 2013


Mazé Silva
Elo Geográfico
maze_silvaa@hotmail.com

*Nota:Embora já tenha passado o dia "D" da "Hora do Planeta", dia de alerta às mudanças climáticas, onde atualmente, observamos, catástrofes de diversas dimensões e destruições onde a natureza rebela-se de forma avassaladora com consequências terríveis para alguns locais do planeta. Acreditamos que descuidar do ambiente é está procurando problemas para a sua própria vida e seu habitat.

Todo dia é ideal para estarmos sempre em alerta para a devastação do Planeta que habitamos e foi por isso que mesmo não tendo postado esta matéria com antecedência, percebi da relevância do tema para a humanidade. Espero que as pessoas que não tinham conhecimento deste dia, possa agora conscientizar-se da importância  para a conciliação entre a evolução, o desenvolvimento e o sustentável. 




*O futuro do nosso Planeta tem sido motivo de preocupações para uma parcela da humanidade e que poderia estender-se e avançar por um número maior de habitantes, se houvesse uma conscientização, ou um trabalho intensificando, um compromisso por todos àqueles que sabem e entendem que, cada indivíduo dentro do seu habitat fizesse a sua parte  diante de uma Natureza que temos e que para mantê-la tão rica, exuberante, preservada, em todos os aspectos, houvesse uma interação entre os fatores bióticos e abióticos.

Para quem ainda não está inteirado ou ciente deste tema a ser abordado aqui, poderemos dizer que é o Maior Movimento que atualmente ocorre no mundo, contra a devastação do Planeta por uma série de atitudes tomadas pelo homem e que possa proteger o Meio Ambiente, evitando oAquecimento Global", que já atinge inúmeros países e os principais causadores são os que pertencem ao mundo mais desenvolvido, os países de primeiro Mundo como também assim conhecemos, pois são os que mais poluem, emitindo gases tóxicos e deixando a Atmosfera a mercê desses agentes que vem destruindo a Natureza sem harmonizar o crescimento e desenvolvimento industrial, tecnológico e urbanístico, na preservação dos Ecossistemas, com a Ecologia, ciência esta de grande valia, já que a mesma estuda os seres vivos e as suas relações com o Meio Ambiente.

 *A Hora do Planeta iniciou-se em 2007, apenas em Sidney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades participaram. No ano passado, o Brasil participou pela primeira vez. O Lema era a “Adoção das Energias Renováveis”
No Mundo

Torre Eiffel - Paris


Centenas de milhões de pessoas em mais de 4 mil cidades de 88 países apagaram as luzes. Monumentos e locais simbólicos, como a Torre Eiffel, o Coliseu e a Times Square, além do Cristo Redentor, o Congresso Nacional e outros ficaram uma hora no escuro. Além disso, artistas, atletas e apresentadores famosos, ajudaram voluntariamente na campanha de mobilização.

A quinta edição da Hora do Planeta encerrou com sucesso em todas as regiões do Brasil. Neste dia 23 de março, em um ato simbólico promovido no mundo todo pela Rede WWF, governos, empresas e a população demonstraram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as suas luzes durante sessenta minutos. 

O movimento este ano chamou a atenção da população para as necessidades e os desafios em torno da água–alinhada à iniciativa da UNESCO, que definiu 2013 como, o “Ano Internacional da Cooperação pela Água”

Monumentos de Fortaleza apagarão as luzes durante 'Hora do Planeta'

Coluna da Hora da Praça do Ferreira


Esse ato simbólico aderido pelos Fortalezenses, muitos estados brasileiros e várias nações, é uma alerta para as Mudanças Climáticas que vem ocorrendo assustadoramente no Planeta.

Durante uma hora, entre 20h30 e 21h30, a iluminação do Arco da Praça Portugal, da Coluna da Hora, da fachada do Mercado Central, do Seminário da Prainha, do prédio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), da estátua de Iracema – na Lagoa de Messejana, da estátua Iracema Guardiã – na Praia de Iracema, da Igreja de Fátima, da Catedral Metropolitana e do Paço Municipal, permanecerá desligada por uma hora.
A operação de desligamento será realizada pela Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC).
Para que as pessoas tenham um futuro melhor, vivendo em harmonia com a Natureza, ao apagar as luzes é uma forma de sensibilizar as autoridades, aos governantes e lideranças mundiais pelas mudanças negativas que o nosso Planeta terra vem sendo assolado nos últimos anos.
*Texto redigido com base nos sites:

www.opovo.com.br/
g1.globo.com/

Hora do Planeta - 2013

Nenhum comentário: