segunda-feira, 13 de maio de 2013

Uma Grande Mulher – “Minha MÃE”

Mamãe Querida



Mazé Silva
Elo geográfico
maze_silvaa@hotmail.com


*Mensagem que fiz e li na Festa em homenagem à minha querida “MÃE”, pelos seus NOVENTA ANOS, em 28 de dezembro de 2012, no Clube da AABB de Limoeiro do Norte.


*Hoje pela passagem do “DIA DAS MÃES, estou postando aqui no Elo Geográfico em sua homenagem, por este dia tão significativo. Deixo  também as minhas felicitações, para às Mães de todo Brasil, neste “SEGUNDO DOMINGO DE MAIO”, embora todos os dias, as mães têm que serem prestigiadas, por suas eternas e infinitas qualidades e bravuras.

----------------------------------------------------------------------------

Esplêndida mulher, incrível MÃE, esposa por muitos anos, dona do lar, sempre....”Essa é minha Mãe”, que falo com o maior orgulho de um ser humano e que significa para mim, a mais bela e mais afável das criaturas.

Essa grandiosa mulher veio ao mundo com muita simplicidade, porém, com sua sabedoria de mulher guerreira, conseguiu galgar todos os obstáculos que a vida oferecia-lhe, chegando ao patamar, ao degrau mais alto, e hoje permanece entre nós aos seus “NOVENTA ANOS”, para imensa alegria e felicidade de todos nós.

“MARIA”, formado por cinco letrinhas, mas de uma enorme relevância, pela doçura, de uma supremacia e uma grandeza de espírito, conquistou um homem íntegro, humilde, mas inteligente, batalhador e honesto. Da união dessas duas lindas criaturas (Silvestre e Maria), vieram ao mundo quinze filhos e, que na dureza da vida, tiveram a coragem e com o dom da Providência Divina os privilegiou e os incumbiu o dever de criá-los e educá-los com amor e dedicação. Jamais mediram esforços e conseguiram deixar todos os filhos bem encaminhados e preparados para exercermos o papel de cidadãos conscientes, voltados para uma vida cristã. Ambos nos orientaram a seguir essa Doutrina primordial, para aderirmos em nosso convívio familiar, dentro do contexto social no qual estávamos inseridos.

“MÃE”, “MARIA”, o seu nome edificou sempre a sua vida, por ser um dos mais belos entre todas as mulheres, pois a Rainha dos Céus e você são dignas de serem chamadas de Rainha, já que você Mamãe, abrigou em seu ventre, diversos seres que são seus filhos amados. Admiro-lhe muito, Mamãe pela sua coragem e destemor.

Como não tiveste oportunidade de ter acesso aos estudos mais avançados, mas com garra, competência, nos repassaste infinitos valores que incorporaste em sua vivência, nos repassando sempre com muito amor.

Brilhante são todos os seus dotes de uma mulher prendada, abraçando todas às tarefas do lar, como cozinhar bem, costurar com primazia e fazer trabalhos manuais com perfeição, envolvendo todas as prendas domésticas e sempre buscou atualizar-se e inovar, embora sem possuir uma tecnologia que facilitasse sua vida.

Seu desempenho estendeu-se além do lar, quando esteve sempre envolvida com os Grupos Sociais, dentro da comunidade do “Arraial” e como sócia e membro da diretoria do “Clube de Mães”, deu sua contribuição notória e precisa.

MÃE, você a matriarca do nosso lar, também junto com nosso pai Cazuza (Silvestre), esteve engajada nas atividades religiosas, fazendo parte como membro do “Apostolado da Oração”, fazendo cumprir todas as primeiras sextas-feiras de cada mês, Irmandade gloriosa ao usar no pescoço o Símbolo do “Sagrado Coração de Jesus e Maria” e ainda como assinante da Revista, “MENSAGEIRO DO CORAÇÃO DE JESUS”.

Certa vez, descobri que, em uma das revistas do Mensageiro que assinas, havia uma foto sua, junto com as amigas da Diocese de Limoeiro do Norte, a integrar-se com outros membros de diversos Estados brasileiros. Fiquei emocionada e ainda mais orgulhosa de você “Mamãe” e quero dizer-lhe, que do fundo do meu coração, “AMO-LHE VERDADEIRAMENTE” E CONSIDERO-LHE UMA VENCEDORA.

Agradeço à Deus por sua existência, e por ser uma mulher de fibra e de muita fé, e que jamais deixou-se abater-se em nenhum momento de sua vida. E por merecimento, você conseguiu chegar aos seus Noventa Anos, em que uma minoria da população, independente da classe social que pertence, consegue chegar e de uma forma linda e muito lúcida, ainda com poucos cabelos grisalhos. 

Hoje, nesta Festa em sua homenagem, considero um dos dias mais felizes de minha vida, por ainda tê-la ao nosso lado e poder reunir todos os nossos irmãos neste momento, os seus filhos que lhe amam. Que pena, com exceção de sua sexta filha, “Lúcia Regina”, que Deus a levou para junto do “Senhor” e isso nos entristece, porém temos o consolo de saber que a mesma encontra-se junto do nosso querido pai, que há tempo já habita o “Reino dos Céus” e que com sua onipotência, determina o tempo que cada um deverá habitar aqui na terra. Não posso esquecer o nosso cunhado Valdir, que Deus o tenha, em seu Reino, nos deixou muitas saudades e faz muita falta entre nós todos, pois sei que você Mamãe, o tinha como um filho e nós, como um irmão maravilhoso.

Que Deus a abençoe sempre e ilumine sua vida, protegendo seus passos e com a permissão do Senhor Deus, ainda irá permanecer entre nós por muitos anos.
Os nossos louvores e aplausos por este grandioso dia do seu Aniversário. Peço-lhe a bênção maternal. A filha que sempre lhe amará muito.

Mazé Silva...!!!

                                          

*“MÃE”, embalada na emoção deste lindo momento, irei culminar a minha homenagem, cantando uma linda canção do meu grande ídolo – Roberto Carlos e que sei a senhora também gosta muito. Música: “VOCÊ NÃO SABE” ...!!!


Limoeiro do Norte, 28 de dezembro de 2012.

*Essa canção, interpretei ao som de um tecladista e um violonista, mas como não tive acesso ainda ao vídeo postei hoje aqui o vídeo de Roberto Carlos como homenagem a minha Mãe, por este “Dia 12 de Maio – Segundo Domingo – Dia das Mães” e para todas as Mães do Universo infinito. 

-------------------------------------------------------------------

"Uma Declaração de Amor"

Você Não Sabe - Roberto e Erasmo


Você não sabe quanta coisa eu faria
Além do que já fiz
Você não sabe até onde eu chegaria
Pra te fazer feliz

Eu chegaria
Onde só chegam os pensamentos
Encontraria uma palavra que não existe
Pra te dizer nesse meu verso quase triste
Como é grande o meu amor

Você não sabe que os anseios do seu coração
São muito mais pra mim
Do que as razões que eu tenha
Pra dizer que não
E eu sempre digo sim
E ainda que a realidade me limite
A fantasia dos meus sonhos me permite
Que eu faça mais do que as loucuras
Que já fiz pra te fazer feliz

Você só sabe
Que eu te amo tanto
Mas na verdade
Meu amor não sabe o quanto
E se soubesse iria compreender
Razões que só quem ama assim pode entender

Você não sabe quanta coisa eu faria
Por um sorriso seu
Você não sabe
Até onde chegaria
Amor igual ao meu

Mas se preciso for
Eu faço muito mais
Mesmo que eu sofra
Ainda assim eu sou capaz
De muito mais
Do que as loucuras que já fiz
Pra te fazer feliz

Você Não Sabe - Roberto Carlos

7 comentários:

Márcia Tristão-Bennett disse...

Maze, que texto lindo!!!!!!!!!!!

E adorei o video tambem.....tenho que visitar mais frequente aqui!!

Amei!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beijos e carinhos!!!!!!!!

Obs: va ao seu fb, te deixei recado la, ok?

Mazé Silva disse...

Olá, amiga Márcia tristão!!!!

Fiquei muito feliz com sua visita ao Elo Geográfico e que bom gostou do texto que fiz em homenagem a minha mãe, onde li, falei e depois cantei....rsrsrs...Foi um arraso...Depois que eu receber as fotos vou postar e o vídeo também.

Será um enorme prazer receber a sua visita aqui, isso se tiver algo que seja interessante, não é mesmo?

Obrigada pelo carinho e vi a tua mensagem no Face e já respondi. Mais uma vez obrigada pela pessoa carinhosa que és.......!

Beijos muitos!!!!!

carlos cresio disse...

Querida amiga Mazé,fiquei emocionado pelas suas lindas palavras à sua linda mamãe.Sei que não foram suficientes para descreve-la,diante da importância e representação que tem na sua e na vida de seus irmãos e familiares,mas mostrou um pouco do que ela foi e está sendo para você.Deus Abençoe sua mamãezinha e que a saude dela e de vocês seja sempre boa para oferecer-lhes lembranças e momentos atuais de alegria.Deus abençoe essa familia.Beijossssss

carlos cresio disse...

Amei seu comentario sobre o que representa sua mãe para você e família.Por mais que esforces não consegue descrever uma mãe linda assim,que criou 15 filhos e os fez cidadões de bem.Felicidades e que Deus continue abençoando você e sua linda mamãe..beijossssss

Mazé Silva disse...

Meu queridíssimo amigo Carlos Cresio!

Primeiro quero dizer-te meu amigo, que suas palavras emocionaram-me muito....!

Que bom ter a sua presença aqui nesse meu cantinho e imagine o quanto é importante termos o comentário de pessoas como você, que trazem consigo muita sensibilidade e que as suas considerações são coisas vindas do seu coração, da sua amizade, do seu carinho que tens com os amigos e eu sou uma privilegiada em tê-lo como amigo que procura vivenciar o que está ao seu alcance, a sua volta e como valorizas o ser humano, torna-se pra mim um ser mais admirável do que eu já pensava sobre ti Carlos Cresio.

Falar de quem amamos, como um ser especial como a nossa Mãe, é muito prazeroso, e não dá diante da emoção para expressarmos todo nosso sentimento, já que que ela é um ser de maior relevância em minha vida, e tudo quanto eu possa emitir valorizando, acarinhando este ser tão belo....ainda é pouco, e seu que ela merece muito mais que eu possa prestigiá-la de uma foma mais ampla e completa.

Gostei demais de suas palavras lindas e doces. Obrigada por tudo que desejastes a minha Mãe e a família como um todo.

Que Deus também ilumine a sua família, a você, esse amigo tão especial que tenho dentro do peito e que jamais esquecerei as suas abençoadas palavras.

Beijos e abraços e que continue assim com toda essa sabedoria que tens em saber lidar com as pessoas de uma forma tão gratificante....!

Beijinhos e fica com Deus...!!!!

Jose Torres disse...

A mãe merece todas as palavras elogiosas do mundo.
Só há uma e mesdmo que seja só a nossa, é a mãe no e do mundo.
Um abração deste lado do mar.

Mazé Silva disse...


Olá José Torres!

Obrigada por tornar-se seguidor do Elo Geográfico e fiquei feliz em teres deixado um comentário no texto que fiz sobre a minha querida mãe, pela passagem dos seus noventa anos.

Seja bem vindo e volte sempre.
Beijos!!!!

Mazé Silva!!!